De volta ao Mali, Sophie Petronin está "desaparecida novamente"

A ex-refém Sophie Petronin teria viajado para o Mali há 7 meses com seu filho e se juntou a sua filha adotiva, Zenabou.

A ex-refém francesa Sophie Petronin está "desaparecida novamente". Estas palavras são aquelas doAgência Reuters, que transmite informações diárias lançamento.

Sophie Petronin foi lançada no dia 8 de outubro, em troca do lançamento de 200 jihadistas, depois de ficar 4 anos nas mãos de jihadistas no Mali, onde dirigiu uma associação para crianças órfãs e desnutridas.

No Twitter, um jornalista independente compartilhou uma mensagem do diretor-geral da gendarmaria, destinada a todas as gendarmerias, segundo a qual ele exigia “procurar muito ativamente” Sophie Petronin, que teria sido vista na direção de Sikasso.

A Reuters não obteve nenhum comentário da polícia do Mali.

Conforme France Inter, a ex-refém voltou ao Mali há 7 meses, apesar da recusa das autoridades do Mali em conceder-lhe o visto. Diz-se que ela se juntou à filha, Zenabou, de 19, de quem foi separada durante o sequestro em 2016.

A pretexto de uma estadia no Senegal, teria ido para Dakar de avião com o filho, antes de embarcar para o Mali por estrada.

MC

Crédito da imagem: Thomas Dutour / Shutterstock.com

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.