Violência policial: as imagens "insuportáveis" do espancamento de um produtor musical por três policiais

Três policiais foram filmados espancando Michel Zecler, produtor musical parisiense. Imagens de incrível violência que despertaram muita emoção. 

SSábado, 21 de novembro, enquanto Michel Zecler vai para seu estúdio de gravação no 17º arrondissement de Paris, ele é preso por três policiais por não estar usando máscara. Uma prisão que degenera violentamente, seguida de 15 minutos de violência e insultos racistas. Se o produtor resiste, ele não faz nenhum gesto violento para com seus agressores. Essa cena, que foi filmada pela CCTV do estúdio, foi revelada pelo Loopsider, um site de notícias. Eles denunciam "uma cena maluca de violência policial".

Em entrevista ao France 2, Gérald Darmanin volta a essas imagens “indizíveis e insuportáveis”. Ele afirma que assim que soube dessa cena de violência "pediu a suspensão desses três policiais". O Ministro do Interior acrescentou que “assim que os factos forem apurados pela justiça”, pedirá a “demissão destes polícias”. Ele os acusou de ter "manchado o uniforme da República" ao fazê-lo.

O vídeo que circulou pelas redes sociais e que foi amplamente divulgado na mídia despertou uma onda de indignação entre os internautas. Emmanuel Marcon, por sua vez, está "mais do que chocado" com a violência dessas imagens, segundo comentários relatados por FranceInfo.

No Twitter, jogadores de futebol famosos não hesitam em denunciar a violência policial após o evento. É o caso de Kylian Mbappé, que retransmitiu as imagens de Loopsider denunciando um “vídeo insuportável”. O campeão cita a letra da música Minha frança para mim de Diam's e conclui com as seguintes palavras: “Pare com o racismo”.

Uma publicação que ecoa a de seu companheiro de equipe, Antoine Griezmann, que também retransmitido as imagens da prisão acompanhadas do comentário: “Tenho dor na minha França”.

Já Benjamin Mendy, jogador de futebol do Manchester City, não hesita em reavivar o debate sobre o lei de segurança global e, em particular, o artigo que limita a divulgação de imagens da polícia. O atleta acompanhou sua publicação com uma foto com a inscrição "Quem nos protege da polícia?" “E faz a seguinte pergunta:“ sem os vídeos, o que teria acontecido com o Michel? "

PC

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.