Venezuela: 8 membros de uma igreja metodista mortos em inundações durante um comício

Fortes chuvas causaram uma enchente que deixou pelo menos oito mortos e dois desaparecidos durante uma reunião religiosa com a presença de cerca de XNUMX pessoas em uma região dos Andes venezuelanos na fronteira com a Colômbia.

"Até agora, recuperamos oito pessoas que morreram na tragédia e continuamos a procurar mais duas", disse o governador do estado de Tachira (oeste), Freddy Bernal, nas redes sociais no domingo.

Quatro dos mortos têm entre 12 e 17 anos e os outros quatro entre 19 e 25 anos, segundo fonte policial consultada pela AFP.

Trinta e seis membros da Igreja Metodista, grupo religioso protestante, participaram nesta região turística para um “encontro”. Alguns estavam tomando banho no rio quando a enchente atingiu, matando várias pessoas.

Segundo as autoridades, a Venezuela registrou chuvas acima da média em 2022, causando danos em várias regiões.

Os porta-vozes do governo atribuem as fortes chuvas ao fenômeno climático La Niña, originado de uma anomalia térmica nas águas superficiais equatoriais do Oceano Pacífico.

O Conselho Editorial (com AFP)

Crédito da imagem: Shutterstock / Paolo Costa / Vista panorâmica dos Andes venezuelanos

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.