"Uma ameaça foi enviada ... Leah Sharibu seria a próxima vítima": Boko Haram pode executá-lo em alguns dias

Em fevereiro passado, 110 meninas foram sequestradas por Boko Haram de uma faculdade para meninas na cidade de Dapchi, no nordeste da Nigéria. Algumas semanas depois, todos foram libertados, exceto Leah Sharibu, que se recusou a negar sua fé em Jesus.

Leah, 14, era a única cristã entre as meninas sequestradas. Já faz 7 meses que a jovem Leah está cativa deste grupo terrorista islâmico, todos os esforços do governo nigeriano para libertá-la foram em vão. Em um vídeo divulgado em 17 de setembro, o grupo Boko Haram ameaça executar Leah Sharibu em 18 de outubro se não conseguirem o que desejam do governo.

“Aqui está uma mensagem de sangue”, dizem eles no vídeo.

Rebeca Sharibu, A mãe de Leah falou aos repórteres:

“Uma ameaça foi enviada ... Leah Sharibu seria a próxima vítima a ser morta. Imploro ao governo federal que faça o que achar que deve ser feito para libertar Leah antes que expire o ultimato. "

Ontem o presidente Muhammadu Buhari ligou para a mãe de Leah para dizer a ela que "Leah estaria em casa em paz". Ele também o tranquilizou, dizendo-lhe que toda a nação continuava a orar por seu retorno.

“Transmito minha emoção, o forte compromisso de minha administração e a solidariedade de todos os nigerianos para com você e sua família, enquanto fazemos o nosso melhor para trazer sua filha para casa em paz e segurança. "

HL

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.