Um padre membro da Sociedade dos Missionários da África é encontrado morto na Tanzânia

O corpo desmembrado de um sacerdote membro da Sociedade dos Missionários da África, padre Michael Mawelera Samson, foi encontrado no sábado, 11 de junho, às margens dos rios Meta, na Tanzânia. 

Numa Comunicado publicada em 12 de junho, a Conferência Episcopal de Malawi anunciou a morte “súbita” do padre Michael Mawelera Samson, membro da Sociedade dos Missionários da África (os Padres Brancos). O padre, originário do Malawi, foi missionário na Arquidiocese de Mbeya, na Tanzânia.

O Arcebispo de Mbeya, Mons. Gervas John Mwasikwabhila Nyaisonga disse aoAgenzia Fides que o corpo desmembrado do padre Sansão foi encontrado por volta das 6h30 do dia 11 de junho nas margens do rio Meta. Ele havia desaparecido no dia anterior, sexta-feira, 10 de junho.

Se as circunstâncias de sua morte ainda não são conhecidas, o arcebispo formulou uma hipótese. Ele assume que o padre foi baleado na cabeça, antes de ser desmembrado por seus agressores.

“Padre Sansão provavelmente foi baleado na cabeça, talvez tenha ficado inconsciente e então o(s) assassino(s) atacou seu corpo desmembrando-o. A cabeça, pescoço, pernas e tronco foram separados. Não achamos que seja um ritual de feitiçaria porque todos os membros do pobre corpo foram encontrados. Normalmente, para rituais de feitiçaria, partes do corpo da vítima são removidas. »

Acrescenta que o missionário “foi morto num local diferente do local onde foi encontrado o seu corpo e foi envolto num lençol para que pudesse ser transportado sem deixar vestígios de sangue”.

Camille Westphal Perrier

Crédito da imagem: Shutterstock.com/MilTer

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.