Ucrânia: Papa Francisco pede jejum e oração pela paz

No final da audiência geral na quarta-feira, 23 de fevereiro, o papa lançou um apelo pela paz na Ucrânia. Em particular, ele convidou os cristãos de todo o mundo a jejuar e orar pela paz na próxima quarta-feira, 2 de março. 

"Meu coração aperta enormemente com o agravamento da situação na Ucrânia" disse o Papa Francisco nesta quarta-feira, 23 de fevereiro, no final de sua audiência geral.

“Apesar dos esforços diplomáticos das últimas semanas, cenários cada vez mais alarmantes estão se abrindo”, continuou o pontífice argentino, que afirma sentir “muitas pessoas em todo o mundo”, “angústia e preocupação”.

Declarando que "mais uma vez a paz de todos é ameaçada pelos interesses partidários", apelou aos dirigentes políticos para os exortar a "examinar seriamente a sua consciência diante de Deus, que é o Deus da paz e não da guerra; que é o Pai de todos, não apenas de alguns, que quer que sejamos irmãos e não inimigos”.

“Rezo para que todas as partes envolvidas se abstenham de qualquer ação que cause mais sofrimento aos povos, desestabilize a coexistência entre as nações e desacredite o direito internacional”, continuou ele.

Francisco então lançou um segundo apelo, desta vez a todos, “crentes e não crentes” para “fazer do próximo dia 2 de março, quarta-feira de cinzas, um dia de jejum pela paz”.

“Jesus nos ensinou que devemos responder ao absurdo diabólico da violência com as armas de Deus, através da oração e do jejum”, lembrou o Papa, que encorajou particularmente “os crentes a se dedicarem intensamente à oração e ao jejum naquele dia.

“Um momento de perigo”

Um apelo à oração pela paz parece bastante oportuno, já que o secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, disse na quarta-feira que o mundo "enfrenta um momento de perigo" por causa da crise entre a Ucrânia e a Rússia.

“Se o conflito na Ucrânia se expandir, o mundo poderá ver uma escala e gravidade de necessidades não vistas há muitos anos”, alertou.

Camille Westphal Perrier (com AFP)

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.