Testemunho: "Eu não tive nem minha mãe nem meu pai, então Jesus se tornou a rocha na qual me apoiar"

Sua mãe foi vítima de um supremacista branco em um massacre em massa na igreja de Charleston em 2015. Chris Singleton escolheu o perdão porque “o amor é mais forte do que o ódio”.

Em 2015, um supremacista branco, Telhado de Dylann, ingressou na Igreja Metodista em Charleston, Carolina do Norte. Ele abriu fogo contra os fiéis reunidos para um estudo bíblico, matando 9 pessoas, todas negras.

Entre as vítimas estava a mãe de Chris Singleton. Com apenas 18 anos, ele tem que cuidar de seu irmão e irmã sozinho. “Foi difícil naquela época, está difícil agora”, explica ele, “me fez crescer muito mais rápido do que muita gente, tive que cuidar de dois adolescentes quando não tinha ainda não tinha 21 anos”.

A comunidade cristã de Charleston perdoou Dylann Roof. Esta escolha então incomodou Mark Zuckerberg, para quem a comunidade era “um símbolo de resiliência”.

É também o caminho do perdão que escolheu Chris Singleton. Ele afirma hoje que não está mais com raiva de quem matou sua mãe, porque "o amor é mais forte do que o ódio".

Existem, segundo ele, duas reações possíveis em sua fé, diante de tamanha tragédia.

“Eu acho que quem perde um ente querido, há duas maneiras de seguir com sua fé. Em primeiro lugar, você pode dizer, não há como Deus ser real. Ou, de outra forma, você poderia, meu Deus, não sei como aconteceu ou por que aconteceu, mas preciso que você supere isso. "

Chris explica que Jesus se tornou sua “rocha”.

“Eu não tinha mais minha mãe e não tinha mais meu pai, então Jesus se tornou a rocha na qual eu me apoiaria. Foi reconfortante para mim, foi terapêutico para mim. "

Todos os dias, Chris continua a orar para “pedir sabedoria a Deus”.

“Minha mãe costumava me dizer para ler o livro de Provérbios, então todo mês tento ler tudo. "

MC

Crédito da imagem: Andrew Nordine / Shutterstock.com

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.