"Se ele me vir, vai me decapitar": os cristãos afegãos oram para que "o Senhor coloque anjos ao redor de suas casas"

Treze cristãos afegãos estão escondidos em uma casa em Cabul. Um deles conseguiu recontar as ameaças do Taleban.

As forças dos EUA deixaram Cabul naquela noite, após 20 anos de presença no Afeganistão, e a partida de mais de pessoas do 114 000 nas últimas duas semanas. O Talibã comemorou a saída dos últimos soldados a tiros. Qari Yusuf, porta-voz do Taleban, disse: "nosso país adquiriu independência completa."

Um cristão que ficou para trás, escondido em uma casa com 12 outros cristãos afegãos, testemunhou sobre a situação para CBN News. Sem passaporte ou autorização de saída emitida pelo governo dos Estados Unidos, nenhum deles pôde sair do país.

Aquele que o CBN News chama de Jaiuddin, mantendo seu anonimato por razões de segurança, foi localizado pelo Talibã. Ele diz que recebe mensagens ameaçadoras todos os dias.

“Todos os dias recebo um telefonema de um número privado e a pessoa, um soldado talibã, avisa-me que, se me vir, irá decapitar-me. "

À noite, em sua casa, os 13 cristãos se revezam para montar guarda enquanto oram, prontos para soar o alarme caso o Talibã venha bater na porta.

Jaiuddin diz que não tem medo de morrer. Ele ora para que “o Senhor coloque seus anjos” ao redor de sua casa.

“Oramos uns pelos outros para que o Senhor coloque seus anjos ao redor de nossa casa para nossa proteção e segurança. Também oramos pela paz para todos em nosso país. "

MC

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.