O editorial da semana de 30/09/2022 com Camille: Irmão André, Armênia, Aleluia ao nosso Deus, Dorothy Day

O editorial da semana com Camille é um resumo dos quatro temas principais que animaram a esfera cristã esta semana.

Morreu o irmão André, fundador da missão Portas Abertas ao serviço dos cristãos perseguidos Terça-feira, 27 de setembro, aos 94 anos. 

No auge da Guerra Fria, ele não hesitou em contrabandear Bíblias por trás da Cortina de Ferro, desafiando o perigo. Uma ação corajosa que ele repetiu em muitos outros países hostis à fé cristã, que lhe valeu o apelido de "contrabandista de Deus". Sua história nos lembra, se necessário, da importância de passar as Escrituras a quem não tem acesso a elas.

Esta notícia também é um convite para orar pela igreja perseguida no mundo. Esta semana, no site InfoChrétienne, falamos sobre casos de cristãos perseguidos em China, Au Nigéria, Au Camarões e 香港, mantenha-os em oração.

Confrontos mortais, fazendo quase 300 mortos, explodiu em 13 de setembro na fronteira entre a Armênia e o Azerbaijão, que se culpam mutuamente pelos combates mais violentos desde a guerra em 2020. A calma voltou nos últimos dias, mas a situação continua tensa. 

Pascal Portoukalian, francês de origem armênia que recentemente residiu na Armênia com sua família testemunha a situação no local. Ele lança um chamado à oração pelo país que considera "em risco de desaparecer".

Está de volta às aulas para o nosso formato de relatório imersivo! Dentro este novo episódio lançado terça-feira, convidamos você a nos acompanhar nos bastidores das filmagens do clipe de “Aleluia ao nosso Deus”.

Uma música em francês composta por quatro artistas francófonos: Pauline Bétuel, Sébastien Corn, Dan Luiten e Samuel Olivier. Dois outros cantores se juntaram a este projeto durante a gravação: Dena Mwana e Thomas Pouzin.

“Aleluia – Ao nosso Deus”, inspirado em Apocalipse 4, é uma declaração de amor a Alguém que é “digno de receber glória, honra e poder”. O clipe está disponível oficialmente desde esta sexta-feira.

Como muitas vezes, o editorial da semana termina com um pouco de cultura. 

A Editions Première Partie publicou na quinta-feira um livro intitulado “Dorothy Day, uma rebelde no paraíso” que analisa a história de uma das figuras católicas americanas mais influentes do século XNUMX.

Jornalista, ativista, mãe solteira, católica comprometida que amava profundamente a Cristo, Dorothy Day ficou famosa por suas campanhas públicas em favor da justiça social, dos pobres, dos marginalizados, dos sem-teto ou de seu compromisso com a luta contra a violência racial.

Encorajo-vos a descobrir esta biografia espiritual, um verdadeiro convite a mudar o mundo seguindo a radicalidade do Evangelho!

Camille Westphal Perrier

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.