O editorial da semana de 29/10/2021 com Camille: Os Escolhidos, Líbano, Cristãos perseguidos, acolhendo o estrangeiro

Conheça o editorial da semana com Camille em vídeo para descobrir os assuntos que animaram a esfera cristã esta semana a partir de artigos publicados no site InfoChrétienne.

Esta semana no site da InfoChrétienne você pôde descobrir o O primeiro trailer de The Chosen com legendas em francês, esta série americana baseada na história de Jesus e como a vida das pessoas que o conhecem muda dramaticamente.

A série criada por Dallas Jenkins, que tem beneficiado do maior crowdfunding de sempre para este tipo de programas, será transmitida pela primeira vez em francês e exclusivamente no Natal no Canal + Séries e no C8.

Já obteve grande sucesso em todo o mundo, com mais de 295 milhões de visualizações. Esperamos que também saiba como tocar a França ao longo das suas sete temporadas.

Graças aos escolhidos, cristãos, igrejas, famílias de igrejas, associações e organizações cristãs podem se unir em torno de um objetivo comum: tornar o Salvador conhecido para o maior número de pessoas possível! Visite o site InfoChrétienne para saber mais sobre este ambicioso projeto.

Esta semana discutimos a situação no país dos Cedros em meio a uma crise sem precedentes.

"É realmente um desastre em todos os níveis", disse Alexandre Najjar, ao microfone do Europe 1 na transmissão de Jean-Pierre Elkabbach no sábado. O escritor e advogado libanês chegou direto de Beirute para para testemunhar a situação extremamente difícil que seu país atravessa.

Pouco mais de um ano após a explosão do porto de Beirute, que matou mais de 200 pessoas e deixou cerca de 300 desabrigados, o Líbano está afundando ainda mais no que Alexandre Najjar descreve como a crise mais séria da história do Líbano contemporâneo.

Embora cerca de 380 pessoas tenham fugido do país em crise, vários pastores encorajam sua comunidade a não emigrar, ficar para socorrer quem sofre e transmitir a mensagem do Evangelho.

Como todas as semanas, oferecemos a você um enfoque na causa dos cristãos perseguidos.

Em Cuba, Pastor Lorenzo Rosales Fajardo Está detido há mais de 3 meses na prisão depois de ser detido em 11 de julho durante uma manifestação pacífica, ele é acusado de "falta de respeito" e "perturbação pública". Na sexta-feira passada, ele soube que um tribunal queria condená-lo a 10 anos de prisão.

pelo menos 17 cristãos coptas estão desaparecidos na Líbia desde 30 de setembro. A International Christian Concern revela que sua fé cristã está ligada à sua morte. Seus parentes temem sofrer o mesmo destino que os 21 cristãos coptas que foram decapitados na Líbia por ativistas do Estado Islâmico em 2015.

Duas freiras que trabalhavam na favela de Pokhara, no Nepal, são presas pela polícia em 14 de setembro. Acusados ​​de conversão forçada, eles estão atualmente detidos. Segundo Dom Paul Simick, vigário apostólico do Nepal, as duas mulheres cumprem apenas missões sociais. A organização Ajuda à Igreja que Sofre informa que seu pedido de libertação sob fiança acaba de ser rejeitado.

Para terminar, esta parte do editorial com uma nota mais positiva, aprendemos a libertação do pastor americano Jean Pierre Ferrer Michel. Sequestrado em 3 de outubro, em frente a sua igreja no Haiti, por membros da gangue 400 Mazowo, o homem de 79 anos foi libertado na segunda-feira.

O editorial da semana termina com uma iniciativa inspiradora. 

Na noite de segunda-feira, a organização Refuges Solidaires com base em Briançon fechou temporariamente suas portas para alertar o governo sobre os meios limitados à sua disposição em face da chegada em massa de migrantes.

200 migrantes então se viram vagando em frente à estação de Briançon. Finalmente, foi o padre Jean-Michel Bardet quem veio em seu auxílio. Os religiosos abriram as portas da Igreja de Santa Catarina para eles, uma ação que considera “um apelo a considerar outras formas de responder ao drama humano da migração”.

Hospitalidade como um valor bíblico foi corretamente lembrado por Francois Clavairoly, Presidente da Federação Protestante da França durante o seu "discurso sobre o protestantismo" ao Presidente da República Emmanuel Macron, por ocasião do jantar Cercle Charles Gide que teve lugar na noite de terça-feira.

O presidente da FPF declarou que “este valor bíblico da hospitalidade” obriga o protestantismo “a relembrar a exigência de acolhimento e o direito de asilo que diz respeito a outros que não a si mesmo, famílias perdidas e despedaçadas em conflitos humanos”.

Camille Westphal Perrier

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.