O editorial da semana de 14 de janeiro de 2022 com Camille: Esperança, apelos à paz, cristãos presos, irmãos Bogdanoff

No editorial da semana com Camille em vídeo descubra os assuntos que animaram a esfera cristã esta semana a partir de artigos publicados no site InfoChrétienne.

Às vezes podemos ficar desesperados ao ler as notícias. Eles são como o mundo em que vivemos, muitas vezes terríveis. No entanto, algumas das notícias publicadas no site InfoChrétienne esta semana são de esperança.

De fato, podemos nos encher de esperança diante da ação do pastor, ganhador do Prêmio Nobel da Paz e doutor Denis Mukwege, que está comprometido com a luta contra a violência sexual na República Democrática do Congo. terça-feira, 11 de janeiro, recebeu o título de membro Honoris Causa da Academia Francesa de Medicina.

Saiba que um “Café da manhã de oração para a França” foi organizado na quarta-feira, 12 de janeiro, na presença de cerca de quarenta políticos franceses e europeus eleitos para abençoar o país também é uma fonte de esperança.

Esperança novamente, enquanto pequeno Sohail que tinha sido confiado com a idade de 2 meses a um soldado americano no caos do aeroporto de Cabul em novembro passado, finalmente encontrou seus pais!

Finalmente, com a apresentação na quarta-feira do Bíblia escrita à mão, um trabalho coletivo, testemunho de esperança. Mais de 500 copistas contribuíram para este projeto proposto pela Aliança Bíblica Francesa, cujo resultado é uma verdadeira obra de arte de grande originalidade.

Esta semana também lhes falamos de dois apelos pela paz.

A primeira diz respeito à Patriarca Teófilo III, chefe da igreja em Jerusalém. Em 8 de janeiro, ele escreveu uma coluna no The Times. Ele afirma que “os cristãos são ameaçados no berço de sua fé” e denuncia “grupos marginais radicais israelenses”. Ele especifica, no entanto, que eles "não são representativos do Estado de Israel ou do povo judeu".

Como os tumultos violentos eclodiram recentemente no Cazaquistão, a Aliança Evangélica Mundial (WEA) e a Aliança Evangélica da Ásia Central (CEAE) lançaram um apelo conjunto pela paz em que eles exortam os funcionários do governo a tomar medidas para neutralizar a agitação.

A cada semana, fornecemos uma atualização sobre a situação dos cristãos perseguidos em todo o mundo. Hoje, um foco em cristãos presos por sua fé. 

Zafar Bhatti é um cristão paquistanês de 58 anos, ele havia sido condenado à prisão perpétua por enviar mensagens de texto blasfemas. Ele acaba de ser finalmente condenado à morte pelo tribunal distrital de Rawalpindi.

Luka Binniyat, é jornalista, está preso há mais de 60 dias por ter defendido cristãos perseguidos na Nigéria. De acordo com o Middle Belt Times, ele foi "envenenado" na prisão por forças das trevas incorporadas ao governo do estado de Kaduna.

Si Leah Sharibu não está estritamente na prisão em seu país, a jovem cristã nigeriana está de fato prisioneira há quase 4 anos pelo Boko Haram. O chefe do Estado-Maior nigeriano Lucky Irabor disse em 10 de janeiro que "estão em andamento esforços para garantir [sua] libertação".

Para terminar com uma boa notícia: O ativista copta Ramy Kamel foi finalmente libertado! O ativista de direitos humanos estava em prisão preventiva aguardando julgamento há mais de dois anos, mais tempo do que o permitido no Egito.

O editorial da semana termina com os irmãos Bogdanoff.

Uma missa em homenagem aos gêmeos, Igor e Grichka levados pelo Covid com seis dias de intervalo, foi celebrado segunda-feira na Igreja da Madeleine, em Paris.

Os dois irmãos eram, entre outras coisas, famosos pelo seu apetite, por vezes controverso, pela ciência, mas parece que também eram fascinados por Deus, como atesta a publicação em 1991 do livro "Deus e a ciência" ( ed. Grasset), escrito com o acadêmico Jean Guitton.

Eles também contribuíram para a escrita do livro de Michel-Yves Bolloré e Olivier Bonnassies sobre o qual falamos recentemente, "Deus, ciência, evidência".

Segundo as palavras de seu agente, Damien Nougarède, os gêmeos "eram habitados pela certeza de que Deus existe".

Camille Westphal Perrier

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.