Asia bibi

Primeira entrevista em vídeo de Asia Bibi: "Existem pessoas que se aproveitaram do meu nome, mas eu não ganhei nada"

Asia Bibi reflete sobre suas condições de vida no Canadá e desafia o Paquistão sobre as leis de blasfêmia em sua primeira entrevista em vídeo.

Desde que foi absolvida pela Suprema Corte do Paquistão em 2018, Asia Bibi vive exilada no Canadá. Ela acabou de participar sua primeira entrevista em vídeo.

Asia Bibi apela às agências governamentais paquistanesas.

“Proteja os inocentes em vez de espancá-los nas delegacias. Os inocentes devem ser libertados. Penas longas para acusações sem provas é uma grande injustiça em nosso país. Eles não entendem a Bíblia ou o Alcorão mesmo depois de estudá-los. Em nome de Deus, abram seus corações à misericórdia. O Paquistão não é apenas para os muçulmanos. Eu fico com raiva quando bons muçulmanos são visados ​​por simpatizar com minorias religiosas empobrecidas. »

Aquela que se tornou a figura de proa da luta contra as leis de blasfêmia no Paquistão também olhou para trás em sua vida atual.

“Tem gente que se aproveitou do meu nome, mas eu não ganhei nada. Nossa comunidade deveria ter nos ajudado. As pessoas acham que ganhamos muito dinheiro desde que recebemos asilo. O governo só nos apoiou por um ano. Até minhas filhas não puderam estudar por causa da minha situação, e hoje elas enfrentam um futuro incerto. Meus anos de sofrimento nos enfraqueceram. Meu marido fez uma cirurgia da vesícula biliar no Paquistão e procurou trabalho por quatro anos. »

Asia Bibi tem filhos que ainda vivem no Paquistão.

MC

Fonte: Notícias do Vaticano

Imagem: Captura de tela | TV Naya Daur

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.