Podemos contar tudo a Deus?

Deus não fica zangado por nos ouvir dizer o fundo de nossos pensamentos, de nossa angústia, contanto que venhamos a ele em espírito de adoração e respeito. Em vez disso, é a falta de franqueza que perturba nosso relacionamento com ele. Uma meditação sobre os Salmos.

Podemos contar tudo a Deus? “Sim”, uma garota de treze anos responde inequivocamente. Ela estava com raiva de sua mãe a ponto de perder a vontade de viver.

“Não conseguimos encontrar uma solução. Então, orei a Deus para me ajudar a torná-lo melhor ”, ela me disse. “Eu não sabia que minha mãe tinha feito a mesma coisa, mas no dia seguinte nos encontramos como antes! "

Quem sabe tudo conhece até os nossos pensamentos mais secretos, enterrados no fundo do nosso coração, sem que os expressemos. E, no entanto, desde o início, Deus queria que seus filhos confiassem nele, para que um verdadeiro diálogo pudesse acontecer.

Reclame para o endereço certo

A Bíblia oferece muitos salmos de lamentação do Rei Davi e seu tempo: "À tarde, pela manhã e ao meio-dia, suspiro, gemo e ele me ouve". O salmista não hesita em dizer a Deus tudo o que ele tem em seu coração.

Lamentar significa, de certa forma, reclamar no endereço certo porque você quer que a situação mude, um pouco como ir a um escritório de reclamações. Não deve ser confundido com lamentar sobre o próprio destino, o que só resulta em lamentar e andar em círculos. Foi a vida diária do povo de Israel por quarenta anos.

Aquela que se coloca diante de Deus em oração não vem para encontrar um oficial de serviço. “Venho à tua casa com o medo que é devido”, diz o Salmo. "É por ti mesmo, Senhor, que me perdoas a minha falta" ou "Ó Deus, dá-me graças segundo a tua fidelidade. De acordo com a tua grande compaixão, apaga as minhas transgressões ”. Davi dá testemunho de um bom conhecimento da pessoa de Deus: “Você não é um Deus que se agrada da iniqüidade” ou “o Senhor é bom e justo. "

Obrigada a fazer certas perguntas

Nas melhores relações terrenas, há momentos em que somos forçados a fazer certas perguntas, a expressar uma dúvida ou um medo. Abster-se de fazer isso cria um desconforto permanente. Da mesma forma, Deus nos convida a um diálogo aberto e franco com ele para que nosso relacionamento se aprofunde. Mesmo que a tempestade aconteça em nós, a calma voltará, a verdadeira paz nos dará forças para seguir em frente. E nossa comunhão com Deus será ainda mais doce, a confiança renovada.

A propósito, essa jovem de quem eu estava falando acima é parente. Confirmo que podemos contar tudo a Deus quando não aguentarmos mais. Ele transforma nossos gritos de angústia em canções de louvor.

Genevieve Radloff
Encontre mais artigos sobre Espiritualidade, a revista que reúne mulheres cristãs do mundo de língua francesa. 

Artigo publicado originalmente em outubro de 2021.

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.