Pentecostes: Pelo menos 50 cristãos mortos no ataque à sua igreja na Nigéria

[Atualização: OAgenzia Fides relata que "a Agência Nacional de Gerenciamento de Emergências relata 22 mortos e 50 feridos" e não "pelo menos 50 vítimas", conforme relatado anteriormente.]

Para o presidente Buhari, “somente demônios da região baixa poderiam ter concebido e realizado um ato tão desprezível”.

No Domingo de Pentecostes, a Igreja de São Francisco em Owo, Estado de Ondo, Nigéria foi alvo de um ataque sangrento. Pelo menos 50 seguidores reunidos para o culto foram mortos pelos atacantes que abriram fogo e lançaram explosivos.

No Twitter, Relatório da Nigéria refere-se a um vídeo assistido pela Christian Solidarity International (CSI), que revela "vítimas deitadas em poças de sangue dentro da igreja".

O padre André Abayomi atesta o ataque.

“Estávamos prestes a terminar o serviço. Eu até pedi para as pessoas começarem a sair, e foi assim que começamos a ouvir tiros de diferentes ângulos. Nós nos escondemos dentro da igreja, mas algumas pessoas haviam saído quando o ataque aconteceu. Nós nos trancamos na igreja por 20 minutos. Quando soubemos que eles tinham ido embora, abrimos a igreja e transportamos as vítimas para o hospital. »

para Presidente Buhari, "somente demônios da região inferior poderiam ter concebido e realizado um ato tão desprezível". Ele afirma que a Nigéria “nunca se renderá aos ímpios e ímpios, e as trevas nunca triunfarão sobre a luz”, antes de acrescentar: “A Nigéria vencerá no final”.

Richard Olatunde, o chefe de imprensa da governador, denunciou ontem “um ataque vil e satânico”, “um ataque calculado ao povo pacífico do reino de Owo, que tem desfrutado de relativa paz ao longo dos anos”. O governador disse que queria "caçar esses agressores e fazê-los pagar".

“É um domingo negro em Owo. Nossos corações estão pesados. Nossa paz e tranquilidade foram atacadas pelos inimigos do povo. É uma perda pessoal, um ataque ao nosso querido estado. (…) No entanto, vamos comprometer todos os recursos disponíveis para rastrear esses assaltantes e fazê-los pagar. Nunca cederemos às maquinações de elementos sem coração em nossa determinação de livrar nosso estado dos criminosos. »

para Confiança diária, é o "último episódio do que parece ser um aumento nos bombardeios".

Le Dra. Franklyne Ogbunwezeh, pesquisador principal do CSI, coloca esse ataque, mas também o Linchamento de Deborah Yakubu, em paralelo com a remoção da Nigéria pela USCIRF da lista de Países de Particular Preocupação, que considera "mal aconselhada, prematura e projetada para servir aos interesses geoestratégicos americanos".

MC

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.