Seja uma testemunha nas Comores, quando é proibido compartilhar o Evangelho

Nas Comores, a Constituição declara o Islã sunita a religião oficial. Apesar de uma tendência positiva para o estabelecimento de práticas democráticas e da existência de certas liberdades de religião e culto, a influência de islâmicos radicais na sociedade está aumentando.

CComo em alguns países da África ou do Oriente Médio, o fundamentalismo islâmico está em ascensão nas Comores. As mudanças constitucionais esclarecem que todas as políticas públicas devem ser baseadas nas crenças islâmicas. Existem certas disposições legais para a liberdade religiosa, mas são aplicadas mais a estrangeiros do que às populações comorianas.

Proselitizar qualquer religião que não seja o Islã é ilegal. Pessoas que se convertem ao cristianismo enfrentam discriminação e são pressionadas a praticar sua fé em segredo. A evangelização é quase impossível, mas o Senhor faz sua obra e encontra o caminho dos corações por meio do testemunho vivo de seus discípulos.

Tito conheceu Jesus por meio do comportamento de alguns cristãos. Mesmo assim, ele vem de uma família muçulmana, mas ficou desapontado por não ver uma resposta às suas orações e ao comportamento de um marabu.

Decepcionado com o Islã, ele é desafiado por seus amigos Ahmed e Abdullah. Eles são diferentes, generosos, atenciosos, honestos, mas os muçulmanos alertam Tito. Eles são impuros, perdidos, tolos, pagãos ... Eles são cristãos.

Mas o que eles refletiram venceu, e Tito decidiu superar esses preconceitos e descobrir mais. Ele finalmente escolheu Jesus como Salvador e Senhor e o escondeu de sua família.

Três dias depois, sua casa será incendiada, Tito perderá todos os seus bens e são Ahmed e Abdullah que o apoiaram e ajudaram a começar de novo.

“Vi neles o verdadeiro caráter de Cristo e isso me sustentou. Assim como o exemplo deles me levou a Cristo, também quero levar outros a Cristo. "

O editorial

 Fonte: Portas Abertas et Portas abertas

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.