Padre sequestrado no centro da Nigéria

Enquanto a Nigéria ainda está se recuperando do ataque sangrento que atingiu a Igreja de São Francisco Xavier em Owo, Estado de Ondo, no domingo de Pentecostes, outro sequestro de um padre foi revelado pela diocese de Lokoja. 

O Agenzia Fides relata que um padre católico foi sequestrado em Obangede, no estado de Kogi, no sábado, 4 de junho.

O estado de Kogi faz fronteira com o estado de Ondo, onde ocorreu o domingo, 5 de junho um massacre na igreja de Saint-François-Xavier em Uó. 22 pessoas foram mortas pelos assaltantes que abriram fogo e atiraram explosivos contra os fiéis reunidos para o culto de Pentecostes.

O padre Christopher Itopa Onotu, pároco da Igreja de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, foi sequestrado no dia anterior por homens armados que entraram na casa paroquial da cidade de Obangede arrombando uma janela. Segundo testemunhas, o monge foi espancado antes de ser levado à força.

Foram os fiéis que deram o alerta no dia seguinte ao ver que o padre não apareceu para a celebração de Pentecostes.

Sequestros de clérigos são comuns no país que enfrenta crescente insegurança. A última data de domingo, 28 de maio, quando Samuel Kanu, o líder da Igreja Metodista na Nigéria, foi sequestrado junto com dois outros clérigos. Felizmente, eles foram liberados na segunda-feira seguinte.

Alguns dias antes, na noite de 24 para 25 de maio, dois padres da diocese católica de Sokoto, no noroeste da Nigéria, também foram sequestrados.

Camille Westphal Perrier

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.