O primeiro-ministro galês não é a favor de Franklin Graham vir ao País de Gales

O primeiro-ministro galês, Mark Drakeford, disse que "lamenta" a próxima visita de Franklin Graham ao País de Gales, dizendo que transmitiu uma mensagem de "ódio". O evangelista americano é esperado no país no sábado, 21 de maio, como parte de sua turnê evangelística “God Loves You”. 

Depois o prefeito de Liverpool que havia declarado que não queria que “as opiniões de um pregador odioso […] fossem exibidas em qualquer lugar” da cidade, é a vez do primeiro-ministro galês, Mark Drakeford, castigar a vinda de Franklin Graham em seu país .

Christian Today informa que na terça-feira, no Parlamento galês, o líder do Plaid Cymru (nota do editor do partido político nacionalista britânico), Adam Price, questionou o primeiro-ministro sobre a próxima visita de Franklin Graham ao País de Gales. Ele notavelmente perguntou a ele por que o governo permitiu que este evento fosse realizado no Newport International Convention Center, um lugar que ele possui 50%.

Adam Price disse que acredita que este evento envia a mensagem de que "homofobia e ódio estão sempre bem".

Mark Drakeford respondeu "lamentando" que este evento tenha ocorrido, mas esclareceu que a decisão "não pertence ao governo galês". "Nós não administramos este centro e cabe aos responsáveis ​​por ele tomar essas decisões", acrescentou.

Ele continuou dizendo que estava "desculpe" por ver alguém com esses pontos de vista "dando uma plataforma para expressá-los aqui no País de Gales". Ele também esclareceu que isso de forma alguma reflete as opiniões do governo.

Uma declaração "profundamente preocupante" de acordo com Franklin Graham, que falou em País de Gales on-line. O evangelista americano lamenta que as autoridades eleitas associem as opiniões dos cristãos com "ódio". Ele denuncia a discriminação religiosa.

“Embora eu certamente respeite o direito dos outros de discordar de nossas crenças religiosas, é profundamente preocupante que os funcionários eleitos para representar toda a sua comunidade estejam descrevendo as visões tradicionais que os cristãos mantêm há mais de mil anos. no País de Gales como 'ódio' e realmente usam sua posição para falar contra nós e discriminar nossas crenças religiosas. »

Referindo-se a um caso semelhante ocorrido em 2018 em Blackpool, na Inglaterra, ele lembra que o juiz havia concordado com ele. De fato, ele declarou que as opiniões do pastor eram "visões bíblicas tradicionais" e que ele não era um extremista.

“Espero e espero que as autoridades do País de Gales tomem nota deste assunto [em Blackpool] e façam seu trabalho de maneira razoável e imparcial e recebam pessoas de todas as crenças religiosas. A turnê 'God Loves You' é apoiada por cristãos de 375 igrejas em todo o País de Gales, e temos os mesmos direitos que todos os outros de expressar livremente nossas crenças religiosas de longa data”, concluiu o pregador.

Turnê do Reino Unido de Franklin Graham 'God Loves You' estreou em Liverpool no último sábado. Apesar da controvérsia, o centro de exposições da cidade estava “cheio de explodir” e muitas pessoas aceitaram Jesus como seu Salvador naquela noite.

Camille Westphal Perrier

Crédito da imagem: Shutterstock.com / ComposedPix

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.