Adiamento de nova audiência para Luka Binniyat, jornalista que defende cristãos perseguidos na Nigéria

O jornalista e advogado cristão nigeriano Luka Binniyat está detido desde novembro.

Luka Binniyat, jornalista e defensor dos cristãos nigerianos, foi detido em novembro passado depois de escrever um artigo no qual denunciava a perseguição aos cristãos na Nigéria, especialmente durante massacre de madamai e lamentou o fracasso do governo em fazer quaisquer prisões.

Em dezembro passado, sua audiência de fiança não pôde acontecer porque o juiz não apareceu. Embora seu julgamento devesse começar na segunda-feira, o juiz novamente não compareceu à audiência. Este último teria perdido o voo para Kaduna.

É, portanto, um novo adiamento que Luka Binniyat deve enfrentar, ainda que sua estado de saúde faz perguntas.

A audiência está marcada para 27 de janeiro, prazo que tranquiliza Mervyn Thomas, presidente fundador da Solidariedade Cristã no Mundo.

“Embora seja decepcionante saber de um novo atraso nos processos judiciais, notamos que, ao contrário de ocasiões anteriores, não houve um adiamento excessivamente longo e aparentemente punitivo. »

Exige "o devido processo", "a prisão e o julgamento dos verdadeiros instigadores e perpetradores da violência" e "a proteção dos cidadãos, independentemente de seu credo ou origem étnica". Mervyn Thomas também insta “a comunidade internacional a monitorar de perto a situação em Kaduna e em todo o centro da Nigéria, levantando esta crise de direitos humanos em andamento com o governo nigeriano sempre que necessário”.

MC

Crédito de imagem: Shutterstock.com / Jakliz

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.