'Ninguém está seguro em lugar nenhum': Dom Ndagoso testemunha a perseguição aos cristãos na Nigéria

“As pessoas estão traumatizadas, e com razão. Com esta situação, ninguém está seguro em lugar nenhum. Se você sair de casa, mesmo durante o dia, até voltar, você não está seguro. »

O bispo Matthew Man-Oso Ndagoso é bispo em Kaduna, Nigéria. Entrevistado pela organização Ajuda à Igreja que Sofre após a morte de pais Vitus Borogo e Christopher Odia, no sábado 25 de junho, ele expressou a insegurança que reina ali para os cristãos.

“Todo mundo está nervoso, todos nós, clérigos, leigos, todos. As pessoas estão com medo, e com razão. As pessoas estão traumatizadas, e com razão. Com esta situação, ninguém está seguro em lugar nenhum. Se você sair de casa, mesmo durante o dia, até voltar, você não está seguro. »

Leveque esclarece que nos últimos três anos, sete padres de sua diocese foram sequestrados, dois foram mortos.

“Em 50 das minhas paróquias, os padres não podem ficar em seus presbitérios porque são alvos, são considerados uma fonte fácil de dinheiro de resgate. »

O bispo Matthew Man-Oso Ndagoso especifica que, neste contexto, os padres não podem mais se deslocar às aldeias para celebrar missas. “Com essa insegurança, as pessoas estão famintas pelos sacramentos”, conclui.

MC

Crédito da imagem: Creative Commons / Flickr

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.