Padre da Nigéria morto a tiros na véspera de Natal

O padre Luke Mewhenu Adeleke foi morto a tiros em seu carro ao sair da missa.

Pai Luke Mewhenu Adeleke tinha acabado de celebrar a missa quando foi alvejado por homens armados em 24 de dezembro no estado de Ogun, na Nigéria.

O padre de 37 anos estava voltando para casa quando os agressores abriram fogo contra seu veículo. Suas pernas foram atingidas pelas balas. O religioso perdeu muito sangue e morreu em seu carro.

A direção da Diocese de Abeokuta expressou sua "profunda tristeza", "seu coração pesado", mas também seu “Submissão total à vontade de Deus”.

Em novembro passado, a Nigéria foi removida pelo Departamento de Estado dos EUA da lista de países que causam preocupação especial por violações da liberdade religiosa. Uma ausência de designação que suscitou a indignação da comunidade internacional e, em particular, daEXCIRF, Comissão dos Estados Unidos para Liberdade Religiosa Internacional.

A organização Release International também reagiu a esta decisão, lembrando que "17 cristãos [são] assassinados todos os dias no país mais populoso da África", antes de especificar, “os assassinatos em massa são agora uma emergência nacional”.

MC

Crédito da imagem: Shutterstock / Wirestock Creators

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.