Na Nigéria, os cristãos se reúnem pela primeira vez desde o ataque que desalojou 5000 pessoas

Após o ataque, os cristãos se mobilizaram para reconstruir a comunidade. Recentemente, eles finalmente puderam se reunir para adorar.

Em julho, cristãos no estado de Plateau, na Nigéria, foram atacados. O pedágio foi muito pesado, 5000 pessoas deslocadas e mais de 250 casas destruídas.

Ibrahim Isah, um Fulani convertido ao Cristianismo, tornou-se o pastor desta assembleia. Ele se lembra do ataque:

“Membros da minha tribo vieram destruir minha casa, incendiando-a. Eu escapei, mas minha propriedade inteira foi incendiada. "

Desde então, ele ajudou a comunidade a se reconstruir. Recentemente, os cristãos puderam se reunir novamente para adorar. O pastor Gah Yohana lembrou que Deus "mudará todas as coisas no tempo devido para o bem de quem o ama".

41 viúvas, ainda deslocadas, queriam receber seus dízimos e enviá-los à comunidade. Um testemunho de sua "dependência absoluta de Deus", que foi homenageado pelo Reverendo Danladi Chohu, que conduziu a comunhão.

MC

Fonte:Preocupação Cristã Internacional

Crédito de imagem: ariyo olasunkanmi / Shutterstock.com

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.