Na Libéria, 29 mortos após um movimento de multidão em uma reunião cristã

“Ficamos assustados e começamos a correr, mas a porta era pequena demais para todos. Os que caíram, foram pisados. »

Na noite de quarta para quinta-feira, 29 pessoas morreram após um movimento de multidão provocado por bandidos, durante um encontro cristão em Monróvia, na Libéria. Entre as vítimas estavam 11 crianças e uma mulher grávida, de acordo com o vice-ministro da Informação Jallawah Tonpoe no Hospital Redemption.

Os fiéis se reuniram por 2 dias para uma “cruzada” do Pastor Abraham Kromah, em um campo de futebol. Segundo as autoridades, bandidos que vieram roubar os bens dos cristãos reunidos estão na origem desse movimento de multidão.

Elisabeth Wesseh esteve presente durante o drama. Ela diz que “aqueles que caíram, nós andamos sobre eles”.

“Na saída, zogos [nome dado aos ladrões de rua] armados de facas começaram a pedir dinheiro e telefones. Ficamos com medo e começamos a correr, mas a porta era pequena demais para todos. Os que caíram, foram pisados. »

Outra testemunha, Emmanuel Gray, lembra-se de um “barulho muito alto vindo da entrada”.

“Enquanto os que haviam feito sua oferenda estavam saindo do local, ouviu-se um barulho muito alto vindo da entrada. Quando chegamos lá, encontramos muitas pessoas mortas e outras lutando pela sobrevivência. »

Três dias de luto nacional foram decretados pelo presidente George Weah, que pediu "uma investigação exaustiva para descobrir se atos criminosos são ou não responsáveis" pela tragédia.

Há também 15 feridos, incluindo 7 crianças. O pedágio pode aumentar ainda mais.

MC (com AFP)

Crédito da imagem: Creative Commons / Flickr

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.