“Nível crítico” de insegurança na Nigéria, onde um novo “massacre” deixa mais de 140 mortos e 156 feridos

“O massacre nas áreas de Kanam foi o ataque surpresa mais horrível e inesperado. (…) Este é definitivamente um ataque injustificado a uma comunidade muito pacífica. »

No domingo, centenas de homens armados, de origem Fulani, segundo Solidariedade Cristã no Mundo que revela a tragédia, realizou um ataque conjunto em várias comunidades nas regiões de Kanam, no Estado do Planalto na Nigéria. Mais uma vez, o número é dramático: pelo menos 142 mortos, 156 feridos, 70 pessoas sequestradas.

Segundo os sobreviventes, os homens armados chegaram em motos por volta das 15h45. Os assaltantes saquearam, queimando cerca de XNUMX casas, destruindo terras agrícolas, saqueando plantações e roubando gado.

Para Benjamin Kwashi, arcebispo anglicano de Jos, trata-se de um "ataque injustificado contra uma comunidade muito pacífica", onde cristãos e muçulmanos vivem juntos "há centenas de anos".

“O massacre nas áreas de Kanam foi o ataque surpresa mais horrível e inesperado. (…) As duas casas governantes, uma cristã, a outra muçulmana, sempre trocaram. Portanto, não é um problema entre uma ou outra das comunidades porque são tão misturadas que é difícil separá-las. Este é definitivamente um ataque injustificado a uma comunidade muito pacífica. Meus pensamentos estão com as famílias enlutadas neste momento, com os feridos. »

Ele afirma, “esta é outra indicação para o Governo Federal da Nigéria que está fazendo muito pouco para salvar os mais pobres em nossas comunidades”.

“Não há nada mais hediondo do que ser incapaz de proteger os pobres, os vulneráveis, os órfãos, as viúvas e os desamparados, como se vê na Nigéria hoje. A segurança não é garantida para os habitantes das áreas rurais e para os agricultores rurais. Obviamente, isso está devastando os pobres. As chuvas começaram a chegar e os agricultores agora terão medo de ir para a fazenda. »

Para o presidente fundador da Christian Solidarity Worldwide, “a insegurança na Nigéria está em um nível crítico”.

MC

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.