Já mais de 700 famílias libanesas ajudaram: Junte-se ao movimento!

O agravamento da crise econômica fez os libaneses perderem todas as esperanças. Juntos, podemos mudar seu destino.

Na semana passada, a organização Um copo de água lançou uma campanha para pedir doações em favor das famílias libanesas. Hoje, graças a este projeto e à generosidade dos doadores, mais de 700 famílias já poderão ser ajudadas!

Um Copo de Água é mobilizado para mudar o destino de 10 famílias no Líbano. Descubra o projeto deles aqui

Integrantes da Un Verre d'Eau viajaram ao Líbano para atender “bons samaritanos” mobilizados para ajudar famílias que perderam tudo na crise econômica agravada pela explosão do porto de Beirute.

Uma jornada humanitária saudada por Caroline, fundadora daAssociação Social Aschrafieh.

“Poucas pessoas pensaram nos libaneses e pensam em vir ajudar os libaneses no terreno. Agradeço muito a vossa viagem, esta longa jornada que fizestes para vir até nós, para ajudar quem precisa. "

De volta à França, eles lançaram um apelo por doações para apoiá-los e permitir que esses “bons samaritanos” forneçam alimentos, produtos de higiene e saúde para famílias pobres, ou mesmo possibilitem que seus filhos frequentem a escola.

Se ser libanês hoje permite "nenhuma trégua e pouca esperança", Um copo de água nos convida a “mudar seu destino”, juntos.

Então, se você também quiser ser um bom samaritano no caminho para essas famílias libanesas, você só precisa clicar aqui.

Obrigado pela sua generosidade !

MC

Para saber mais sobre este projeto, leia também:

Com um copo d'água, vamos nos mobilizar pelos libaneses!
"Eles só têm a nós e você!" ": No Líbano, duas irmãs atuam por seus" idosos, vamos ajudá-los!
"Diga-me, Líbano ...": Um golpe para apoiar a terra dos cedros

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.