Ataques na Nigéria: Dezenas de cristãos sequestrados

“Ainda não há trégua para as comunidades cristãs no sul de Kaduna, pois terroristas, jihadistas, bandidos e pastores armados continuam saqueando e destruindo comunidades cristãs na parte sul do estado de Kaduna. »

No sábado, 17 de setembro, dezenas de cristãos foram sequestrados no nordeste da Nigéria enquanto se reuniam para o culto noturno. Menos de uma semana antes, cerca de 60 outras pessoas haviam sofrido o mesmo destino.

Eram duas da manhã quando a igreja em Suleja foi invadida por pastores Fulani e outros terroristas, segundo relatos de Notícias da Estrela da Manhã. Eles sequestraram o pastor e outros cristãos, reunidos para uma vigília de oração.

Elisha Musa, morador de Suleja, diz que as forças de segurança só intervieram algumas horas depois que os agressores partiram.

“Os pastores Fulani sequestraram o pastor da igreja e alguns de seus membros. Soldados do Zuma Rock Barracks, Suleja, que correram para a igreja para resgatar fiéis e repelir os agressores, chegaram horas depois que os agressores partiram com as vítimas sequestradas. »

No estado de Kaduna, em 13 e 14 de setembro, suspeitos de pastores Fulani e outros terroristas atacaram casas da área e uma vigília de oração, sequestrando pelo menos 57 cristãos. Segundo fontes, 14 deles escaparam.

Em um comunicado de imprensa, Awemi Maisamari, Presidente Nacional da União dos Povos do Sul Kaduna diz que "ainda não há trégua para as comunidades cristãs no Sul Kaduna, pois terroristas, jihadistas, bandidos e pastores armados continuaram a saquear e destruir comunidades cristãs no parte sul do estado de Kaduna”.

MC

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.