Hospitais bombardeados: "Médicos Sem Fronteiras" forçados a evacuar o seu pessoal

Após o bombardeio do hospital Abs, que deixou dezenas de mortos e feridos, a associação Médicos Sem Fronteiras decidiu evacuar sua equipe de 6 hospitais no norte do Iêmen.

L
No dia 16 de agosto, o hospital Abs foi bombardeado, matando dezenas. A associação de MSF foi forçada a evacuar seu pessoal em perigo, deixando toda a população desta zona de conflito no norte do Iêmen sem assistência médica.

No final de julho de 2016, vários hospitais em Aleppo, na Síria, foram afetados por bombardeios. Um deles conseguiu ser evacuado a tempo, pois tinha sido avisado de que seria o alvo ...
Naquelas horas sombrias, o rosto ensanguentado do pequeno Omran comoveu todos os usuários da Internet.

O Direito Internacional Humanitário garante a proteção das estruturas de saúde nas zonas de conflito. Mas está longe de ser sempre respeitado. As “promessas” de grupos beligerantes nem sempre são cumpridas. Apesar da técnica e das coordenadas precisas do GPS, hospitais e outras instalações de saúde são regularmente visados, causando muitas vítimas, inclusive entre o pessoal médico.

Os grupos armados falam então de "erros". No entanto, por vários anos, esses erros se repetiram e se multiplicaram. Ainda podemos falar de um erro ??

Elisabeth Dugas

Fonte: msf.fr/presse

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.