Greve de fome na igreja de Saint-Pierre em Calais para apoiar migrantes

“Queremos que seja um evento público que possa ser vivenciado. Eles deveriam ser protegidos de um possível despejo: se estivessem em um local público, teriam corrido o risco de serem despejados. "

Em 11 de outubro, três ativistas, Ludovic, Anaïs e o padre Philippe, padre capelão de Secours Catholique de 72 anos, iniciaram uma greve de fome em apoio aos migrantes.

Exigem "a suspensão dos despejos diários e o desmantelamento dos campos durante as férias de inverno", "o fim do confisco de tendas e bens pessoais dos exilados", bem como "a abertura de um diálogo cidadão fundamentado entre as autoridades públicas e associações não mandatadas pelo Estado, relativas à abertura e localização de pontos de distribuição de todos os bens necessários à manutenção da saúde dos exilados ”.

A ação deles é acompanhada nas redes sociais, em particular na conta do Instagram, Fome nas fronteiras.

O Padre Louis-Emmanuel Meyer é o pároco da igreja de Saint-Pierre em Calais. Entrevistado porSir Agência, ele explica as razões pelas quais os recebeu em sua igreja.

“Queremos que seja um evento público que possa ser vivenciado. Eles deveriam ser protegidos de um possível despejo: se estivessem em um local público, teriam corrido o risco de serem despejados. "

Ele explica que “o subprefeito veio na segunda-feira e discutiu com eles”, sem responder às suas três reclamações.

O padre reconhece o apoio que cerca esta greve de fome.

“Este protesto é apoiado por cristãos, mas também por muitas associações não denominacionais. O que as associações fazem durante o dia, o Estado destrói à noite e não sabemos mais como deter esses maus tratos. Também temos o apoio do bispo, que veio visitar os três ativistas. Há muito apoio. "

Embora reconheça que a questão da migração é de “nível político”, afirma que em Calais existe um “nível humanitário”.

“A prioridade é alimentar, vestir, ajudar. "

No sábado, 23 de outubro, é organizado um jejum de solidariedade para apoiar esta greve de fome.

MC

Crédito de imagem: Traveller70 / Shutterstock.com

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.