Estuprada e apedrejada, deixada inconsciente, uma menina de 8 anos foge de seu agressor no Paquistão

O jovem cristão sobreviveu à tragédia. Seu agressor foi preso. Ele corre o risco de pena de morte.

Liza Younas é uma menina cristã de 8 anos. Ela mora no Paquistão, no estado de Punjab. Em 2 de setembro, seus pais o enviaram para fazer uma missão em seu bairro. Ela então experimentou o horror.

Meia hora depois de ser enviada a uma loja, Liza ainda não voltou para casa. Seus pais estão preocupados e vão procurá-lo, ajudados por seus vizinhos. É em uma rua perto de sua casa que a garota é encontrada.

O ativista de direitos humanos Ashiknaz Khokhar apoiou a família de Liza em sua batalha legal. Ele testifica sobre oAgenzia Fides do indizível:

“É a crueldade de um homem muçulmano que na noite de 2 de setembro sequestrou uma menina menor na rua, a estuprou e, para esconder seu crime, tentou matar a menina com uma pedra. E deixando-a inconsciente no chão. Então ele fugiu. "

A polícia do Paquistão realizou uma investigação e afirma ter prendido o culpado, Muhammad Bota. A garota o reconheceu. De acordo com o artigo 376 do Código Penal do Paquistão, ele pode ser condenado à pena de morte ou reclusão que varia de 10 a 25 anos.

Ashikhnaz Khokhar explica que “os casos de abuso sexual são particularmente hediondos e ainda mais quando um ato hediondo de violência sexual é cometido contra uma criança”. Ele denuncia o trauma da menina, agora atendida por uma psicóloga, além de outros médicos.

O ativista também homenageia a atitude das forças policiais, da equipe de enfermagem e do ministro cristão Ejaz Alam Agostinho. Ele agradece pela “cooperação”.

MC

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.