Este ano, quase 1.400 atos anti-religiosos foram registrados na França

Desde janeiro, 1.380 atos anti-religiosos foram registrados na França. Se os cristãos são os mais afetados, os atos anti-muçulmanos estão experimentando um aumento significativo de 32%. 

Ontem, terça-feira, 14 de dezembro, o Ministério do Interior, Gérald Darmanin, foi convidado para CNews no programa de Pascal Praud, "L'heure des pros".

Durante o show, o apresentador voltou a falar sobre o incidente ocorrido na quarta-feira, 8 de dezembro, em Nanterre, no Hauts-de-Seine. Reunidos em procissão, cerca de trinta fiéis católicos foram agredidos e insultados por jovens de uma cidade vizinha. Situação que "chocou profundamente" o Ministro do Interior. Assegurou estar "solidário com os católicos" e anunciou que a diocese vai apresentar queixa.

Gérald Darmanin também aproveitou a oportunidade, duas semanas antes do final do ano, para discutir os números para 2021 no que diz respeito aos atos anti-religiosos perpetrados na França.

Quase 1.400 atos anti-religiosos em 2021

Ele indicou que existem cerca de 1.400 atos anti-religiosos, 1.380 eventos foram registrados entre janeiro e outubro, especifica AFP. Trata-se, portanto, de uma diminuição global de 17,2% em relação ao mesmo período de 2019. O ano de 2020 não é levado em consideração por não ser considerado representativo devido aos sucessivos confinamentos.

Os atos anticristãos são os mais representados com 686 registrados em 2021 contra 921 em 2019, um decréscimo de 25%. Em seguida, vêm os anti-semitas com 523 ações neste ano contra 617 em 2019, uma queda de 25%. Finalmente, se os atos anti-muçulmanos são menos numerosos (171 em 2021), eles experimentaram um aumento significativo de 32% em comparação com 2019.

Gérald Darmanin lembrou ainda que os locais de culto serão protegidos nos dias 24 e 25 de dezembro, como é o caso, disse, para cada feriado religioso.

Camille Westphal Perrier (com AFP)

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.