Estados Unidos: rumo ao reconhecimento do genocídio dos cristãos orientais?

Uma importante associação católica americana, Knights of Columbus, apresentou um harmonia a John Kerry, chefe da diplomacia americana, pelo reconhecimento do genocídio dos cristãos orientais.

L
O genocídio até agora foi reconhecido por muitas pessoas, incluindo o Parlamento Europeu e entre os candidatos à presidência dos Estados Unidos, Marco Rubio, Ted Cruz e Hillary Clinton.

Os lobbies cristãos também estão se mobilizando por esse reconhecimento.

O relatório de 280 páginas expõe os fatos cometidos contra os cristãos: igrejas destruídas, cristãos mortos, estuprados, escravizados, levados ao êxodo, despojados ... Revela os testemunhos recolhidos no mês passado. 24 páginas de depoimentos, como tantas provas irrefutáveis ​​das abominações cometidas pelo ISIS.

Dabiq, A revista ISIS, proclama sua vontade de destruir os cristãos:

 Conquistaremos sua Roma, quebraremos suas cruzes, escravizaremos suas esposas, com a permissão de Allah, o Exaltado. Esta é a sua promessa para nós. [...] Se não atingirmos essa meta, nossos filhos e nossos netos vão alcançá-la, e vão vender seus filhos no mercado de escravos. "

MC

Fonte: Cavaleiros de Colombo

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.