Em Ohio, 45 crianças desaparecidas e 109 sobreviventes de tráfico de pessoas encontraram

O Departamento de US Marshals de Ohio acaba de concluir a maior operação antitráfico da história do estado na segunda-feira.

O operação "Autumn Hope" instituída pelo Procurador-Geral daOhio, David Yost, ajudou a encontrar 45 crianças desaparecidas, 109 sobreviventes de tráfico humano e resultaram em 177 prisões.

David Yost deu a boa notícia em uma coletiva de imprensa da Zoom na segunda-feira, 26 de outubro.

“O sucesso da Operação Autumn Hope é medido não apenas pelo número de prisões, mas também pelas vidas que foram salvas deste flagelo. Cada agência que participou desta operação está esperando o dia em que nenhum ser humano será comprado e vendido em Ohio. Não compre sexo em Ohio! "

Hoje EUA relata que, de acordo com a Procuradoria-Geral da República, a operação incluiu quatro prioridades:

“Salvar vítimas de tráfico de pessoas e encaminhá-las aos serviços sociais, encontrar crianças desaparecidas e exploradas, prender quem busca fazer sexo com menor e prender clientes do sexo masculino que procuram comprar sexo. "

A maioria das 177 prisões ocorreu nas áreas de Toledo, Cleveland e Columbus, de acordo com CBN News.

De acordo com um press Release  Postado por US Marshall, que é uma Agência de Polícia do Governo Federal dos Estados Unidos subordinada ao Departamento de Justiça, Peter C. Tobin, Marechal dos Estados Unidos para o Distrito Sul de Ohio, gostaria de agradecer a "todos os funcionários que participaram desta operação".

Acrescentou que se trata das mesmas pessoas "que perseguem fugitivos violentos todos os dias" e quis mostrar o seu orgulho pela sua equipa:

“Estou extremamente orgulhoso deles e feliz por terem sido capazes de aplicar essas mesmas habilidades na busca por crianças desaparecidas. Eu sei que a Operação “Autumn Hope” fez a diferença na vida de muitas pessoas. "

PC

 

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.