Em Israel, patriarcas e líderes religiosos denunciam ameaças à comunidade cristã

Os signatários deploram uma vida "sob ameaça de violência ou intimidação" e vislumbram "a criação de uma zona especial de cultura e patrimônio cristão".

Os Patriarcas e Líderes da Igreja de Jerusalém lançaram esta semana um Comunicado para denunciar as ameaças à comunidade cristã em Israel.

Eles afirmam: "Os cristãos se tornaram o alvo de ataques frequentes e contínuos de grupos radicais marginais." Patriarcas e bispos denunciam “ataques físicos e verbais contra padres e outros membros do clero, ataques a igrejas cristãs, com lugares santos regularmente vandalizados e profanados, e constante intimidação contra os fiéis”.

Esses eventos estariam ligados a "grupos radicais", com o objetivo de "tirar a comunidade cristã de Jerusalém e de outros locais da Terra Santa". No entanto, os signatários deste comunicado de imprensa notam "com gratidão" o compromisso assumido pelo governo israelita de garantir a presença cristã em Israel. Isso é evidenciado por seus esforços para facilitar o acesso aos lugares sagrados para milhões de peregrinos cristãos de todo o mundo.

Os patriarcas e chefes de igrejas então deploram “as aquisições estratégicas de propriedades no bairro cristão” por “grupos radicais”.

“O princípio de que o caráter espiritual e cultural dos bairros distintos e históricos de Jerusalém deve ser protegido já é reconhecido na lei israelense com relação ao Bairro Judeu. "

É neste contexto que os signatários apelam a um “diálogo urgente” com as autoridades políticas de Israel, Palestina e Jordânia, para “enfrentar os desafios apresentados por grupos radicais em Jerusalém à comunidade cristã e ao Estado de direito, a fim de garantir que nenhum cidadão ou instituição viva sob ameaça de violência ou intimidação ”, e“ começar a falar sobre a criação de uma zona especial de cultivo e herança cristã para salvaguardar a integridade do bairro cristão da Cidade Velha de Jerusalém e garantir que sua singularidade e patrimônio sejam preservados para o bem-estar da comunidade local, de nossa vida nacional e de todo o mundo ”.

MC

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.