Em Mosul, três mulheres foram queimadas vivas por se recusarem a matar

De acordo com o site IraqiNews, Militantes do ISIS queimaram três mulheres vivas. Eles teriam se recusado a matar residentes após tentarem fugir da região de Wadi Akab, controlada pelo Daesh.

SSegundo testemunhas, civis em fuga foram presos por combatentes do Daesh, que imediatamente os condenaram à morte. As ativistas então exigiram que um grupo de mulheres cumprisse a pena. Diante da recusa, as 3 mulheres foram queimadas vivas.

Compartilhe esta imagem no Facebook

O horror, portanto, não acabou no Iraque. As populações ainda sofrem com a brutalidade do Daesh. Os militantes estão perdendo terreno, mas estão se tornando cada vez mais violentos, criando um clima de terror. Numerosos testemunhos corroborados por observadores das Nações Unidas falam das atrocidades sofridas pelos iraquianos desde 2014.

A planície de Nínive foi libertada, ao sul e ao leste de Mosul também, mas a retomada da margem oeste da cidade, onde está localizada a maior parte da população, está provando ser o mais difícil de retomar pelas forças da coalizão.

De acordo com as Nações Unidas, “O pior ainda está para vir”, porque haveria 400 habitantes prisioneiros da velha cidade de Mosul.

Entre eles, uma mãe e seus 3 filhos foram incendiados em janeiro passado, depois de tentar fugir de Mosul. A mãe, suas 3 filhas e seu filho de 9 meses morreram queimados após serem borrifados com gasolina.

Para Bruno Geddo, representante do ACNUR no Iraque, as pessoas estão desesperadas e famintas:

“Quanto mais comida você acaba, mais você entra em pânico e quer fugir ... Ouvimos histórias de pessoas fugindo de manhã no meio do nevoeiro, à noite ou durante chamadas para orar, quando a vigilância é menor. Postos de controle do Daesh.”

Compartilhe este vídeo no Facebook

HL

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.