Editorial de Camille de 15 de fevereiro de 2022: Quando a fé nos leva

A notícia do dia oferece-nos a descoberta de testemunhos de pessoas levadas pela fé em Cristo. Ela prova ser um apoio inabalável em suas vidas diárias. 

Na terça-feira, um tribunal russo começou a examinar um novo caso contra o ativista anticorrupção Alexei Navalny, um oponente de Vladimir Putin. Já preso há mais de um ano, ele pode pegar até dez anos adicionais de prisão.

No ano passado, durante outro julgamento de apelação, Alexei Navalny revelou sua fé em Deus no tribunal, alegando que é um apoio em sua luta pela liberdade.

O Los Angeles Rams venceu o Super Bowl por 23 a 20 no domingo contra o Cincinnati Bengals. Em entrevista na semana passada à revista Sports Spectrum, Jalen Ramsey, um dos jogadores dos Rams, testemunhou o impacto de sua fé em sua vida pessoal e profissional.

“Sem meu Senhor e Salvador Jesus Cristo, honestamente, não sou nada”, disse ele.

À medida que a postura militar da Rússia cresceu ainda mais nas fronteiras da Ucrânia neste fim de semana e os ocidentais temem uma invasão iminente, os cristãos ucranianos continuam determinados a se unir e louvar a Deus. George Thomas, repórter da CBN, compartilhou no Facebook o vídeo de um culto na Ucrânia de domingo. Ele saúda seu compromisso e nos chama a orar por eles.

Para terminar com Esquiador austríaco Matthias Mayer que acaba de ganhar uma medalha de ouro e uma medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim.

Este cristão comprometido disse em 2017 que foi levado em seu sucesso esportivo por sua fé em Deus.

"Para mim, conquistas e sucessos esportivos não são apenas motivados pelo treinamento físico e mental, mas também pela minha fé e pela força muito especial que ela me traz", disse ele.

Camille Westphal Perrier

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.