Editorial de Camille de 21 de maio: Não hesitemos em falar com Jesus

"Conversando com Jesus" (Fale com Jesus em francês) é o título de uma nova canção de louvor do grupo americano Elevation Worship. Uma peça que nos fala sobre a transmissão da fé na família e nos convida a falar com Jesus, este amigo fiel. Você pode descobrir as palavras desta canção inspiradora traduzida para o francês no site InfoChrétienne. 

Transmitir o amor de Jesus pode ser feito de formas às vezes surpreendentes. Edegard Silva Junior, um padre moçambicano da diocese de Pemba, cuida das crianças que fugiram da violência em Cabo Delgado. Crianças deslocadas que sofreram traumas graves. Para dialogar com eles, o padre usa fantoches. Uma iniciativa inovadora e comprovada!

Duas outras notícias do dia nos convidam a “falar com Jesus”, ou seja, a orar.

Depois de mais de dez dias de conflito entre o Hamas na Faixa de Gaza e o estado judeu, um cessar-fogo foi declarado nesta sexta-feira às duas da manhã. Uma trégua considerada "frágil" já que os confrontos dos últimos dias reavivaram as tensões na região.

Nesse contexto, Bader Mansour, da Associação de Igrejas Batistas de Israel, convida os cristãos a orar pela igreja e pelos afetados por este conflito e propõe seis tópicos de oração específicos.

Mais de 8 migrantes desembarcaram em Ceuta, criando uma crise migratória sem precedentes no enclave hispânico. Os cristãos evangélicos testemunham as tensões que reinam na cidade e o sofrimento dos migrantes. Eles clamam por oração.

Notícias que nos deveriam encorajar a rezar por Moçambique, pelo conflito entre Israel e Palestina e pela cidade de Ceuta, mas sobretudo a simplesmente falar com Jesus. Porque, como a letra da música Elevation Worship nos lembra, não há maneira errada de fazer isso, não há hora ruim para começar, não precisa ser bonito, apenas temos que deixar nosso coração falar.

Camille Westphal Perrier

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.