Devemos demonstrar para defender os valores da família ...?

Fui ativista desde o início e participei de todas as manifestações, sou vigia e continuo a assistir, mas desde a última manifestação do LMPT me engajei em uma reflexão real e um questionamento pessoal ... Vou explicar para tu aqui ... vou dar um testemunho contigo ... E subscrevo uma convicção que é única para mim, que só me liga!

Pleio aquilo para demonstrar o que hoje percebo e objectivamente os limites alcançados, creio na necessidade de criar um lobby reflexivo, em ágoras públicas que desafiem os cidadãos, e não de suscitar uma demonstração dogmática… É uma questão de pensar diferente sobre sociedade e não propor a revogação da lei de Taubira, sem ter compreendido o mal que deu origem a esta lei, que está devorando toda a nossa sociedade ... Francamente inútil desfazer sem ter compreendido que o mal que atinge este século é profundo , atinge as dimensões consumistas, materialistas e individualistas da sociedade e essas dimensões invadem todas as famílias, inclusive as cristãs, que também estão rachando e nem sempre resistem aos golpes de uma sociedade que não faz mais parte da solidariedade ...

Nosso ideal deve ser realizado pelo amor ao próximo, consciência e expressão livres

Os eixos da reconquista são pleitear o testemunho em conformidade com nossa fé e nosso ideal cristão. Nosso ideal deve ser realizado pelo amor ao próximo (incluindo a todos, sem discriminação), pela consciência livre e pela liberdade de expressão em nossa sociedade inclusive entre nossos adversários. Nosso posicionamento como cristãos é sempre oferecer respostas alternativas, cada um de acordo com sua concepção de ética é, em última instância, livre para escolher entre o bem e o mal, mas em qualquer caso eu não saberia impor o bem se meu oponente não o quiser.

Sou, portanto, contra o dogmatismo de uma religião a ser imposta aos outros, oponho-me a qualquer forma de lei fariseu e imponho uma restrição que não corresponda à livre adesão. Com todas as minhas forças, no entanto, vou buscar o bem comum sem espírito de confronto para dobrar os joelhos ao ideólogo oposto, essa luta é fútil e o escárnio como as diatribes lançadas na cara de nossos adversários nada farão avançar nossas convicções , eles serão ridicularizados como nós zombamos deles.

Deixe-nos ser inspirados pela conduta de Jesus
Sejamos imbuídos de sabedoria e sejamos inspirados pela conduta de Jesus que foi muitas vezes atacado para tomar partido, para dar a sua opinião, nunca evitou o debate mas foi capaz de evitar a polémica.

“A demonstração para todos” deve ser mais inteligente do que isso e não deve ser reduzida a uma caricatura de simples conservadores que acabaram esquecendo todos os outros componentes da sociedade. Os eventos a serem iniciados devem testemunhar o vínculo necessário a ser construído em nossa sociedade.

Percebi que muitas personalidades do LMPT pediram que votassem em candidatos que protegem a Família, mas e se a pessoa eleita com base nisso liderar uma política terrível em outras áreas? - emprego, habitação, educação, cultura, política externa, comércio, indústria, meio ambiente, etc. Algumas vezes, observei posições incuráveis ​​entre ativistas familiares que defendem teses liberais descaradamente e são os promotores da economia liberal e digital. No entanto, essa economia liberal é a reivindicação explícita de um culto a si mesmo, nem altruísta nem unido e que participa da criação de um mundo em pedaços em torno da cultura da performance em detrimento dos mais fracos.

Por isso é preciso pensar na estratégia de reconquista que passa pelo caráter exemplar das famílias que se dizem cristãs ... Devemos ser modelo de família para trazer para a rua o modelo de sociedade que queremos, mas nós estão em deslocamento e se você me ler, você entende que isso é realmente verdade.

Todos devem examinar o que estão experimentando

Por isso é importante voltar ao essencialismo ontológico, o que é a família, o que é consciência livre, o que é liberdade, o que é o homem, quais são os fatores de desconstrução da sociedade dos homens ... Cada um deve examinar o que vive na realidade e como vive seu casamento, que sacrifícios está disposto a fazer por sua esposa (falo aqui como homem) ... Se eu não sou capaz de cuidar de minha esposa, de beijá-la, se eu não tiver caridade, eu sou um latão ressoante, ou um prato que ressoa ...

É uma verdadeira estratégia de reconquista que deve ser organizada publicamente pela nossa exemplaridade.

Façamos também a reconquista também da ideia do matrimônio, ensinemos em nossas assembléias, em nossas igrejas os valores do matrimônio, dissociemos matrimônio da união civil ... Deixemos que as igrejas se casem e façam o matrimônio celebrar pelas igrejas ser reconhecida pelo estado, então vamos santificar a própria ideia de casar, casar diante de Deus não é nada ... É uma verdadeira estratégia de reconquista que deve ser organizada na opinião pública pelo nosso exemplo, um verdadeiro investimento para testemunhar dentro de nossas igrejas ... Asseguremos que todas as dimensões do sagrado sejam reavaliadas por nossas atitudes, celebremos a figura do pai, a figura da mãe, e convidemos todos os homens a se comportarem como tal. mulheres para viverem plenamente sua feminilidade e suas vidas como mulheres para não se parecerem com os homens ...

Aqui estou compartilhando minhas convicções íntimas com você; é preciso reconquistar a base dos corações, das almas e dos espíritos ... como nos dias de Roma ... Os cristãos da época tinham mil razões para denunciar as leis iníquas de Roma, e à imagem de Cristo voltaram a Deus este que pertence a Deus e a César o que é a César sem adorar o mundo de César… Eu também não adoro este mundo e estas leis, mas a minha vida deve ser devotada ao testemunho e ao meu próximo…! É por isso que a reconquista mais útil que é, passará sempre pelos corações e não pelas pedras que salpicam as ruas de Paris e que gostaríamos de trilhar, sem ter compreendido que devemos pisar nos nossos pés os desejos materialistas e individualistas. que precisamente destroem nossas próprias famílias…!

Eric Lemaitre

As opiniões e posições de contribuidoresInfo Chrétienne não comprometer ou representar a escrita ou linha editorial deInfo Chrétienne. Info Chrétienne apoia a liberdade de expressão, consciência e opinião.

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.