“Cultura da impunidade”: Duas adolescentes cristãs perseguidas no Paquistão

“Há um aumento desses casos e até agora o governo não consegue tomar medidas fortes para a proteção de meninas pertencentes a minorias religiosas no Paquistão. »

Mahnoor Ashraf, um cristão pentecostal de 14 anos, e outra menina de 16 anos foram vítimas de perseguição religiosa no Paquistão. Um foi sequestrado, casado à força e convertido ao Islã. A outra foi estuprada. Para Ashiknaz Khokhar, cristão comprometido com a proteção dos direitos humanos, “é essencial quebrar a cultura da impunidade”.

Ashiknaz Khokhar acompanhou o caso do adolescente de Okar, Punjab. Aos 16 anos, ela foi estuprada por homens muçulmanos, segundo a Agência Fides, que explica que a jovem se recusou a ceder às mensagens de texto de Muhammad Arif, 30, que exigia sexo dela. Diante de sua recusa, ele a sequestrou em 7 de janeiro, deu-lhe um remédio para dormir e a estuprou várias vezes antes de liberá-la em "circunstâncias traumáticas"Agenzia Fides.

"A menina sofreu um trauma físico e psicológico grave", diz Ashiknaz Khokhar.

“No momento, ela nem consegue falar devido ao choque. A família registrou queixa e a polícia prendeu os autores da violência. Há um aumento desses casos e, até agora, o governo não consegue tomar medidas firmes para a proteção de meninas pertencentes a minorias religiosas no Paquistão. Essas meninas sofrem traumas mentais e físicos e o respeito familiar também é muito afetado. »

Mahnoor Ashraf também foi vítima de violência. Aos 14 anos, ela foi sequestrada por seu vizinho muçulmano, Muhammad Ali Khan Ghauri, 45, em 4 de janeiro. Seu irmão mais velho, Akram Masih Chaudhry, relata, em comentários retomados por Notícias da Estrela da Manhã :

“A casa de Ghauri fica na mesma rua e nossas famílias se davam bem. Não sabemos quando ele conseguiu atrair Mahnoor para um relacionamento. Finalmente, em 7 de janeiro, a família de Ghauri nos informou que Mahnoor havia se convertido ao islamismo e se casado com Ghauri em 4 de janeiro, dia em que ela foi sequestrada. »

Uma queixa foi apresentada à polícia pela família de Mahnoor. Mas de acordo com seu irmão, "a polícia não está fazendo nada para encontrá-la".

De acordo com os relatórios sobre os direitos das mulheres assumidos pela Agência Fides, somente na província paquistanesa de Punjab, 6 mulheres foram sequestradas no primeiro semestre de 754. Esse fenômeno preocupante atinge meninas adolescentes não muçulmanas que são convertidas ao islamismo e casamentos forçados.

MC

Crédito da imagem: Shutterstock / AM Syed

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.