Continue a treinar espiritualmente

No mundo do trabalho, oferecemos e acompanhamos constantemente uma formação contínua, para nos mantermos atualizados e progredirem. Mas por que o que é válido na vida profissional não deveria valer na espiritual?

Descubra as cinco principais vantagens da educação continuada.

1. Completa nosso conhecimento

Jamais terminaremos de aprender, e a Bíblia nos incentiva a querer sempre adquirir novos conhecimentos, entre outras coisas porque alimenta nossa vida de fé. Provérbios nos lembra que “o conhecimento deleitará sua alma”.

O conhecimento é adquirido primeiro por meio da leitura. A Bíblia continua sendo o livro por excelência e nunca é tarde para tornar seu estudo uma prioridade. Mas também podemos ler livros sobre temas que nos interessam o coração: tornar-se uma mulher de oração, comunicar nossa fé aos nossos filhos, encontrar nosso destino, etc. Existem opções suficientes nas livrarias cristãs! Não hesitemos em nos interessar pela literatura “não cristã”, que manterá nosso olhar voltado para o mundo sensível e interessado.

2. Complementa as habilidades adquiridas durante o treinamento inicial

Nossas habilidades precisam ser aprimoradas! Os cristãos freqüentemente estão envolvidos em uma área ou outra, especialmente na Igreja. Mas vamos fazer a pergunta: o que gostamos de fazer e quais são os nossos pontos fortes? No contato, no atendimento, no jovem, no idoso, no ensino, na organização, na relação de ajuda, na música?

"O ferro afia o ferro", nos dizem os provérbios. A observação é o primeiro passo: o que as pessoas que trabalham na mesma área que nós têm a nos ensinar? A educação continuada implica uma certa humildade: seja qual for a experiência que acumulamos, nunca saberemos tudo.
Uma segunda etapa é seguir um treinamento específico.

A oportunidade de refinar nossas competências em nosso campo de atuação ou de empreender algo novo e realizar um sonho. Por exemplo, tendo aulas de música se você faz parte da equipe de louvor, fazendo um curso de monitores de infância ou treinando em relação de ajuda (FORRAC, Formação Empreinte, etc.).

3. Permite que as pessoas que ingressaram na vida ativa tenham uma formação ao longo da carreira profissional.

Só temos que escolher o ritmo que vamos treinar, de acordo com nossa personalidade e nossa agenda. Certamente, certas épocas da nossa vida não permitem um investimento de vários meses, mas permaneçamos abertos: por que isso não seria possível nos próximos anos?

4. Adapta-se à evolução das técnicas

Jesus disse aos seus discípulos: “Ide! " A ideia de educação continuada é avançar; nossa vida espiritual é chamada a andar e crescer. Consigo mostrar curiosidade e questionar algumas ideias que possa ter? Deus tem alguma revelação para comunicar ao meu coração? Todos os dias novos livros chegam ao mercado e seminários são organizados.

Uma palavra de cautela: sejamos sábios em nossas escolhas. Não estamos procurando a última palavra da moda, palestrante ou autor que seja melhor do que todos os anteriores. Procuramos conhecer mais a Deus.

5. Promove a adaptação ao mundo do trabalho

A educação continuada no reino espiritual deve ter como objetivo nos ajudar a estar mais em nosso lugar. “Portanto, o corpo não é um só membro, mas sim vários membros” (1Co 12,14): que função desempenhamos no corpo? Continuando a nos treinar para essa função específica, permitimos que o Reino de Deus cresça.

Portanto, vamos ouvir para saber o que Deus colocou em nós e descobrir a melhor forma de servi-lo. Ao fazer escolhas sábias, às vezes ousadas ou dispendiosas em tempo e dinheiro, permitimos que Deus aumente as qualidades que colocou em nós.

Então, você está pronto para continuar treinando você e deixar que ele treine você?

N. Horton

Encontre mais artigos sobre Espiritualidade, a revista que reúne mulheres cristãs do mundo de língua francesa.

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.