Contenção: o que eu preciso saber?

Quarta-feira, 28 de outubro, Emmanuel Marcon falou às 20h30 ao vivo em frente aos franceses para anunciar um novo confinamento após a segunda leva de Covid-19. 

Fás para o aumento de casos Covid-19 e uma situação cada vez mais crítica, o governo decidiu tomar novas medidas para minimizar contatos e viagens em território francês.

Emmanuel Macron anunciou queum novo confinamento estaria em vigor a partir de hoje, sexta-feira, 30 de outubro, até 1º de dezembro de 2020, no mínimo. Os detalhes dessa nova contenção, que será um pouco diferente da primeira, estão detalhados no site do governo.

Será, portanto, a devolução de certificados, porque as viagens são proibidas, exceto em casos específicos: trabalho, consulta médica, compras obrigatórias ... E apenas com certificado. É também o retorno da hora diária de saída num raio de um quilômetro ao redor de sua casa.

Tal como na primeira vaga, o teletrabalho, quando possível, é obrigatório.

Desta vez, porém, o governo decidiu deixar escolas, colégios, colégios e creches abertos com um protocolo de saúde reforçado, o uso de máscara torna-se obrigatório a partir dos 6 anos de idade. Já o ensino superior será feito remotamente.

Visitas a asilos e lares de idosos serão autorizadas, ao contrário do confinamento de março, para lutar contra a solidão dos idosos.

O governo anunciou ainda que, em caso de incumprimento das regras de contenção, será aplicada uma multa fixa de € 135.

No que se refere a lieux de culte, estarão abertos apenas para cerimônias fúnebres até o limite de trinta pessoas e para casamentos que serão limitados a seis pessoas. Uma exceção será feito para Dia de Todos os Santos, as cerimônias religiosas podem ocorrer até domingo à noite em conformidade com os gestos de barreira e protocolo de saúde.

Segundo o CNEF (Conselho Nacional dos Evangélicos da França), o governo não deu instruções quanto ao certificado de viagem. Bastará para justificar por um certificado de honra de uma viagem a um local de culto no fim de semana de Todos os Santos.

PC

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.