Como rezar pela guerra na Ucrânia?

Estamos atualmente no sétimo dia da ofensiva russa na Ucrânia, que levou milhares de pessoas a fugir do país. Enquanto o Papa Francisco pediu jejum e oração pela paz agendado para quarta-feira, 2 de março, a organização Portas Abertas nos dá algumas dicas sobre como orar pela guerra em andamento. 

Portas Abertas é uma organização que ajuda cristãos perseguidos em todo o mundo. No contexto da guerra na Ucrânia, ela lembra que “não importa as guerras, conflitos ou perseguições, o evangelho continuará” e “que parte do nosso papel é orar”.

Nesta quarta-feira, 2 de março, durante a qual, a pedido do Papa Francisco, os cristãos de todo o mundo estão jejuando e orando pela paz, descubra como orar por nossos “irmãos e irmãs da Rússia e da Ucrânia” de acordo com as diretrizes da Portas Abertas :

  • Ore pela paz. Ore para que a violência e as tensões acabem e que os líderes de todos os lados busquem a diplomacia e a paz de uma maneira que permita que pessoas de todas as religiões vivam em liberdade e paz.
  • Ore para que os crentes na Ucrânia e na Rússia construam pontes de amor e esperança que transcendam qualquer conflito entre seus países. Peça que Deus trabalhe para superar as divisões e que seu poder seja visível a todos.
  • Peça que Deus abra os corações dos governantes na Rússia e nas áreas controladas pelos russos da Ucrânia, para que eles não restrinjam a capacidade dos crentes de adorar a Deus livremente.
  • Quando a guerra estoura, tantas vidas inocentes são viradas de cabeça para baixo e afetadas. Ore para que os direitos humanos sejam protegidos e para que a paz reine novamente nesta parte do mundo.
  • Ore para que Deus trabalhe através da diplomacia de países ao redor do mundo e que sua paz prevaleça.

Camille Westphal Perrier

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.