Ciclone Batsirai: 30 mortos, a "tigela de arroz" de Madagascar devastada

O ciclone Batisrai, que devastou plantações, levanta temores de uma crise humanitária em Madagascar.

O ciclone Batsirai deixou Madagascar na manhã de segunda-feira, mas deixou para trás danos significativos. O número de mortos subiu para 30 mortos, de acordo com uma contagem atualizada das autoridades. Mas ainda pode ficar mais pesado. Há 94 vítimas de desastres e 000 deslocados.

De acordo com o Escritório Nacional de Gestão de Riscos e Desastres, as regiões da costa leste da ilha foram as mais afetadas.

O ciclone Batsirai atingiu Madagascar durante a noite de sábado para domingo. Deslocou-se para o centro e devastou a "tigela de arroz" do país, levantando temores de uma crise humanitária, neste país que já "enfrenta problemas alimentares ligados ao aquecimento global", segundo oNações Unidas.

“Os arrozais estão danificados, as colheitas de arroz perdidas. É a principal cultura do povo malgaxe e sua segurança alimentar será afetada nos próximos três a seis meses se não agirmos imediatamente”, explicou Pasqualina DiSirio, diretora do Programa Alimentar Mundial (PAM) no país.

Segundo a MétéoFrance, o olho do ciclone media entre 40 e 50 quilômetros. Os ventos foram medidos a 167 km/h.

MC (com AFP)

Crédito da imagem: RIJASOLO / AFP

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.