Pastor da China passa 18 anos na prisão, descobre que sua igreja se multiplicou

"Quem são todas essas pessoas? Ele pergunta então. “Esta é a tua igreja, pastor”, respondem-lhe, “viajaram muitos quilómetros e passaram muitos dias pelas montanhas, para te saudar”.

Relatórios de Deus revela o testemunho de um pastor que passou dezoito anos de prisão e que, após sua libertação, descobriu que a pequena "igreja doméstica secreta" que ele liderava antes de seu encarceramento tornou-se uma comunidade de milhares de pessoas.

Chang Wong, um nome fictício dado ao pastor, passou 18 anos em uma pequena cela, onde mal conseguia ficar em pé. Ao ser libertado, ele fica feliz ao encontrar sua esposa e seu filho, que tinha 4 anos quando ele foi preso. Mas ele também se lembra das comunidades que visitou, passando "longas horas caminhando pelas montanhas para chegar a casas para outras reuniões secretas".

Com a notícia de sua libertação, membros do que ele ainda pensa ser um pequeno grupo vêm ao seu encontro. Chang Wong então descobre pessoas chegando aos milhares.

"Quem são todas essas pessoas? Ele pergunta então. “Esta é a tua igreja, pastor”, respondem-lhe, “viajaram muitos quilómetros e passaram muitos dias pelas montanhas, para te saudar”.

Chang Wong então pergunta: "Quem são seus pastores por terem realizado tanto?" "

E os cristãos respondem:

“Você é nosso pastor. Nós só temos você, pastor. Fizemos o que você nos disse, o que você nos ensinou ... Alcance os perdidos, ensine o que você nos ensinou a compartilhar. Confie no Espírito Santo e creia que Ele nos ajudará. E ore por milagres. Nós somos sua igreja, pastor ... por favor, conte-nos mais. Não temos medo das autoridades, só temos medo de não seguir as instruções de Deus. "

MC

Crédito de imagem: Noa_80 / Shutterstock.com

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.