Um milhão de cristãos convidados a orar por Israel no Yom Kippur

Um milhão de pessoas convidadas a orar por Israel no Yom Kippur

Uma coligação de israelitas messiânicos em associação com cristãos evangélicos apela à oração por Israel durante o Yom Kippur, o feriado mais importante do Judaísmo, que começa no domingo à noite. 

Yom Kippur, também chamado de “Dia da Expiação”, é o dia mais solene do calendário judaico, marcado pela oração e pelo arrependimento. Celebração que comemora uma passagem da Bíblia em que Deus concede perdão ao povo judeu após o episódio do Bezerro de Ouro, narrado no Êxodo. 

Começará no domingo, 24 de setembro, à noite, e continuará uma hora após o pôr do sol na segunda-feira, 25 de setembro. 

CBN News relata que este ano, por ocasião deste feriado judaico, uma coligação composta por israelitas messiânicos e cristãos evangélicos lançou um apelo global à oração por Israel.

Uma iniciativa lançada por Mike Bickle, diretor de Casa Internacional de Oração (IHOP) em Kansas City, Missouri, e Ron Cantor, um líder messiânico em Israel.

Para este apelo, o processo é simples, explica Mike Bickle: “Estamos a pedir a 1 milhão de pessoas que rezem durante uma hora”.

Ron Cantor cita a Bíblia para justificar sua abordagem:

"Isaías 62 fala de Deus colocando vigias nos muros de Jerusalém. Acredito que Isaías prevê o tempo em que mais de um bilhão de não-judeus terão abraçado o Messias judeu, Jesus. Eles reconhecerão que o Evangelho chegou até eles através do povo judeu. e se comprometerão a ser Guardiões de Israel, lutando pela sua salvação."

Este momento especial de oração será transmitido ao vivo em DEUS-TV  às 17h, horário de Israel (00h na França), em 16 de setembro.

Editores

Crédito da imagem: Shutterstock/MagioreStock

Na seção Internacional >



Notícias recentes >