Segundo estudo realizado na Inglaterra, 76% dos cristãos gostariam de falar com mais frequência sobre sua fé

study_sharing_faith_appelle_chretiens_bridges

Os resultados de um estudo encomendado pela London City Mission revelam que 76% dos cristãos gostariam de ter mais oportunidades de partilhar a sua fé com aqueles que não conhecem Jesus. Após esta pesquisa, a organização convida os cristãos a sair da sua zona de conforto para partilhar o Evangelho com o maior número de pessoas possível.

Em 20 de novembro a Savanta uma empresa de pesquisas do Reino Unido publicado os resultados de um estudo encomendado pela London City Mission, uma organização religiosa que visa apoiar os cristãos de Londres na transmissão do Evangelho. O objetivo desta pesquisa é analisar o nível de confiança dos cristãos praticantes quando compartilham a sua fé.

Em primeiro lugar, este estudo mostra que a maioria das pessoas interrogadas tem consciência da importância de partilhar a sua fé (89%). Além disso, 78% dos cristãos dizem que estão confiantes quando dão testemunho de Jesus. 

A maioria dos cristãos gostaria de fazer mais para transmitir o Evangelho aos não-crentes

De acordo com o documento publicado pela Savanta, os cristãos inquiridos são mais propensos a partilhar o Evangelho com amigos e familiares (42%) e com os seus colegas de trabalho (37%), em vez de com pessoas de uma origem social diferente (30%) e pessoas marginalizadas. (20%).

Além disso, os resultados da pesquisa revelam que 76% dos cristãos praticantes gostariam de falar sobre a sua fé com mais frequência com pessoas que não são cristãs. Diante destes resultados, Efrem Buckle, vice-PDJ e diretor de treinamento da London City Mission, exorta os cristãos a saírem de sua área para dar testemunho da mensagem de Cristo. 

“Isso pode estar fora da nossa zona de conforto, mas meu conselho é começar com apenas uma pessoa. Pode haver alguém que você vê em sua vida diária com quem você pode puxar conversa. [...] Deixe Deus manter nossos olhos aberto à medida que seguimos nossa rotina e começaremos a notar aqueles que conhecemos, para começar a compartilhar o amor de Deus."

O estudo também revela as dificuldades que os cristãos enfrentam quando partilham a sua fé. 26% dizem ter medo de provocar reações negativas, enquanto 19% acreditam que não devem impor a sua fé aos outros.

Jason Roach, diretor de ministérios da London City Mission, sublinha que as dificuldades de partilhar o Evangelho não devem tornar-se um bloqueio para os crentes. Ele também lembra a importância para eles de serem encorajados nesta missão. 

“O problema é claro, a necessidade de ação é óbvia, mas saber exatamente o que fazer no calor do momento pode parecer assustador e incomum. Os cristãos estão dispostos, mas precisam de encorajamento e reforço”.

Melanie Boukorras 

Shutterstock / ChameleonsEye

Na categoria Sociedade >



Notícias recentes >