O Sagrado Coração iluminado em vermelho para alertar sobre a perseguição aos cristãos

O Sagrado Coração iluminado em vermelho para alertar sobre a perseguição aos cristãos

O Sacré Coeur em Paris, o Coliseu em Roma e a estátua do Cristo Redentor no Rio serão iluminados em vermelho na noite de quarta-feira “para alertar sobre a perseguição aos cristãos no mundo”, informou a organização Ajuda à Igreja que Sofre (ACN).

Esta iniciativa, organizada desde 2015 na terceira semana de novembro, continuará este ano numa dezena de países, afirmou a filial francesa da organização católica. Na França, o Sacré Coeur estará iluminado do anoitecer até a meia-noite, com uma vigília de oração prevista para as 21h.

O evento acontecerá também na Basílica de Lourdes e em diversas catedrais (Chartres, Bourges, Gap...) “A iluminação vermelha das catedrais, igrejas e santuários simbolizará o sangue derramado e a fé cristã oprimida.

Queremos tornar visível a violência invisível e silenciosa sofrida por tantos cristãos em todo o mundo”, disse Benoît de Blanpré, diretor da AED França, num comunicado de imprensa.

A AIS antecipa que a iniciativa também será realizada “em centenas de igrejas, monumentos e edifícios” em todo o mundo, incluindo a Praça de Santo Estêvão, em Viena, na Áustria, a Catedral de Dresden, na Alemanha, e a Catedral de Melbourne, na Austrália.

As embaixadas junto à Santa Sé (de Burkina Faso, Camarões, França, Itália, Espanha, etc.) também serão iluminadas.

Em 2022, devido à crise energética, o Sacré Coeur contentou-se em tocar os sinos. A ação também havia sido prejudicada em anos anteriores pela crise sanitária.

O Conselho Editorial (com AFP)

Crédito da imagem: Shutterstock/Marcello Landolfi

Na seção Perseguição >



Notícias recentes >