Entrevista com Eric Célérier: o pastor apresentou seu novo aplicativo, HelloBible

_S873883-NR aprimorado

Conhecemos Eric Célérier que nos apresentou seu novo projeto. Trata-se de um aplicativo chamado HelloBible que se propõe a colocar a inteligência artificial a serviço do crescimento espiritual.

O Pastor Eric Célérier é bem conhecido dos nossos leitores do InfoChrétienne. Pastor, fundador da TopChrétien, diretor da empresa de imprensa ICNEWS, do grupo de mídia ZeWatchers e assim por diante. Este pioneiro digital está atualmente trabalhando em um novo projeto: o aplicativo HelloBible.

Atualmente o desenvolvimento da inteligência artificial, com o surgimento do ChatGPT por exemplo, é um tema quente nos noticiários. Mas há muitos anos que Eric Célérier vê o potencial deste tipo de ferramenta para enriquecer a vida espiritual dos utilizadores. Há quinze anos ele começou a pensar nessa possibilidade. Mas ele se deparou com um obstáculo, pois as ferramentas de desenvolvimento de IA ainda eram muito imaturas.

Em fevereiro de 2023, ele começou a se aprofundar novamente neste projeto. O pastor pediu a Deus que o inspirasse e o ajudasse a formalizar as coisas, reservando-se seis dias de reflexão. “O protótipo do site nasceu portanto em seis dias... e 15 anos de gestação!”, conta-nos.

A inteligência artificial aterroriza muitas pessoas, Eric sabe disso. “E com razão”, explica ele, “mas temos que diferenciar entre IA forte e um algoritmo simples, também depende de como é usado”.

“Não é porque somos inovadores que somos irresponsáveis”

Seu projeto envolve uma inteligência artificial que gera texto e não entende o que ele diz, muito distante da imagem que o público em geral possa ter de uma IA pronta para controlar o mundo. “É simplesmente um programa que precisa ser configurado, uma ferramenta que treino da mesma forma que treinaria um autor de A Miracle Every Day”, sublinha Eric que afirma querer agir com cautela e tomar todos os cuidados possíveis com este projeto.

“Não é porque somos inovadores que somos irresponsáveis”, exclama o pastor durante a nossa entrevista. A IA conhece a Bíblia porque este livro fundador faz parte dos dados que absorveu. É então uma questão de configurá-lo, direcionar o tipo de conteúdo que queremos gerar e treiná-lo para responder aos usuários com empatia, gentileza... “como faria um pastor”.

De Gutenberg à... inteligência artificial

Em última análise, ele vê este aplicativo como um novo meio para compreender as Escrituras e torná-las suas. “Muitas vezes, quando pensamos na Bíblia, pensamos no papel, mas ela existia antes de Gutenberg e da imprensa”, lembra o fundador da Top. 

“A Bíblia são as palavras inspiradas de Deus sussurradas às pessoas.”

Na verdade, a Bíblia foi primeiro oral e depois gravada em tábuas de pedra, em pergaminhos, copiada pelos escribas antes de ser impressa. Hoje, muitos crentes leem em seus tablets ou smartphones, mesmo que isso tenha criado polêmica no início.

“Muitas vezes confundimos a forma e o conteúdo, é um problema real na Igreja”, afirma o pastor que defende as novas tecnologias para facilitar a leitura da Bíblia. “Pode ser transmitido por diferentes meios de comunicação.”

HelloBible é um aplicativo que oferece planos personalizados de leitura da Bíblia, mas também, e esta é a sua maior inovação, um verdadeiro diálogo com a Bíblia. A ideia é configurar o aplicativo o máximo possível para permitir que ele se comunique com todos os tipos de perfis, sempre com gentileza para levar Jesus a todos. 

Assim, quando uma pessoa se cadastra, o HelloBible faz diversas perguntas para tentar definir seu perfil, sua sensibilidade cristã, “porque não nos dirigiremos da mesma forma a um cristão evangélico e a um católico”.

Incentive a leitura da Bíblia

O objetivo deste aplicativo é simples, visa conectar os crentes à Palavra de Deus. “O fato é que muitas pessoas não leem a Bíblia ou apenas ocasionalmente, estou tentando mudar isso”, diz Eric, que se descreve como um “louco da Bíblia”.

“Quero que as pessoas que usam o aplicativo digam: ‘Deus falou comigo’!”

Com este projeto, ele não busca alcançar “super leitores da Bíblia”, mesmo que acredite que isso possa interessá-los, mas sim outros, aqueles que têm dificuldade de se aproximar dos textos bíblicos, bem como os não-cristãos. 

Outra particularidade do HelloBible: o aplicativo será totalmente gratuito. Inspirado no modelo The Chosen, o aplicativo irá simplesmente oferecer aos usuários que desejam contribuir financeiramente. “Este é o modelo que escolhi, porque não quero limitar o acesso à Bíblia”, explica-nos Eric. 

O aplicativo HelloBible, cujo nome é uma homenagem à primeira palavra (Hello) que apareceu na tela do Macintosh quando foi criado, deve ser lançado até 1º de abril. Uma data simbólica, um ano após a criação do site OláBíblia.app, a primeira etapa deste grande projeto. Concluindo, quando lhe perguntamos por que decidiu embarcar nesta enésima aventura, Eric explica-nos que a vê como a convergência de toda a sua vida.

"O Senhor me conectou para este projeto, é a minha vocação, um talento que ele me deu. Sempre tentei ajudar as pessoas a se conectarem com a Bíblia. Estudei teologia. Tudo converge para o HelloBible."

Enquanto aguarda seu lançamento, ele continua trabalhando no desenvolvimento do aplicativo. Um trabalho colossal que começa a dar frutos, como evidencia o retorno de Françoise, uma usuária de teste que já foi abençoada pelo aplicativo.

"Em primeiro lugar obrigado por esta ferramenta que vocês disponibilizam para o mundo. Fiquei muito curioso para ver como seria o aplicativo HelloBible. Mas realmente descobri que é a verdadeira mensagem da Bíblia e nela usando, eu descubro que minha fé se fortalece a cada dia. [...] Cada vez que leio um versículo ou algo assim, sinto que é Deus quem fala através de sua palavra e essas palavras ressoam na minha cabeça o dia todo. É incrível."

Para saber mais sobre este assunto, convidamos você a descobrir a entrevista de Eric Célérier com Sébastien Corn em seu podcast A Massa Criativa. 

Uma pergunta bíblica? Uma situação difícil? Um assunto de oração? Não hesite em acessar o site HelloBible, para descobrir o que a Bíblia diz ou o que Jesus lhe responderia.

Camille Westphal Perrier


Na seção Mídia >



Notícias recentes >