Argélia: Muçulmanos e cristãos rezam juntos pela paz no Médio Oriente

argélia_muslims_christians_pray_together_peace_near_east

Muçulmanos e cristãos reuniram-se no sábado à noite na basílica de Notre-Dame d'Afrique, em Argel, para rezar pela paz no Médio Oriente, notou um jornalista da AFP.

Cerca de 200 pessoas, incluindo diplomatas estrangeiros e dirigentes associativos, responderam ao apelo da Igreja Católica da Argélia para rezar pela paz na Faixa de Gaza, “cujos habitantes prestam hoje uma homenagem insuportável”, segundo um comunicado de imprensa do Arcebispado de Argel.

Entre eles, os embaixadores da França, Stéphane Romatet, e da Palestina, Fisent Mohamed Mahoum Abu Aita, o arcebispo de Argel, Jean-Paul Vesco, e o presidente da associação argelina Passerelles de la Paix, Youcef Mecheria.

Romatet saudou como "um momento importante" a presença na basílica de uma "comunidade muito diversificada, tanto muçulmanas como cristãs (...) num momento em que a paz mundial está em perigo, particularmente o que está a acontecer no Médio Oriente".

“Respondemos a este apelo para rezarmos pelo fim do conflito no Médio Oriente, na Palestina e em Gaza”, disse Mecheria.

Uma guerra opõe Israel ao Hamas desde 7 de Outubro, desencadeada pelo ataque sangrento e sem precedentes do movimento islâmico palestiniano em solo israelita a partir da Faixa de Gaza.

Em retaliação, Israel, que prometeu “aniquilar” o Hamas, bombardeou implacavelmente o pequeno e sobrepovoado território palestiniano. 

Uma trégua de sete dias terminou na manhã de sexta-feira e os combates recomeçaram com força total.

Editores (com AFP) 

Crédito da imagem: Shutterstock/As-GD

Na categoria internacional >



Notícias recentes >