Quadrinhos: as razões para o sucesso crescente

Inventada na Suíça no século 19 por Rodolphe Topffer, foi nos Estados Unidos que os quadrinhos realmente ganharam sua aparência atual, com caixas, desenhos e balões de fala. Em 1964, de improviso, o cartunista Morris pela primeira vez chamou a Banda Desenhada de “Nona Arte”.

E se você precisa estar listado no mercado de arte para poder adotar o título de Arte, os quadrinhos merecem sua aclamação. Vemos surgindo, para além disso, leilões que ultrapassam os 2 milhões de euros aqui 3 milhões ali, para uma prancha, um desenho considerado mítico.

Dez anos depois, nasceu em Angoulême o maior festival europeu de banda desenhada.

Um caldeirão de seu tipo, a Bélgica é o lar do Belgian Comic Strip Centre, a maior bédéthèque do mundo.

Mas por que os quadrinhos são tão atraentes?

De leitura rápida, visualmente apelativa, combinando texto e desenho, capaz de criar séries, relevantes tanto numa placa como num livro inteiro, a banda desenhada está repleta de recursos. O desenho se alimenta dos textos, e vice-versa, a serviço de um cenário. Declinável ad infinitum por seus gráficos, sua linha, seu gênero, seu público, os quadrinhos são o gênero literário que sobe, que sobe ... que conta histórias, que ensina uma lição, que mantém em suspense ...

Originalmente destinadas a jovens leitores, os quadrinhos agora são preservados de todas as faixas etárias, meninos e meninas, de todas as condições sociais. Se hoje era necessário utilizar um meio de comunicação relevante para a geração atual, o quadrinho certamente é um dos meios que não deve ser negligenciado.

Como prova de sua relevância e apelo, inclusive para os leitores cristãos, tomemos a revista Tournesol como exemplo.

Publicada há mais de 60 anos pela Liga para a Leitura da Bíblia, a revista tem, ao longo dos anos, conseguido adaptar formatos, variar os designers e diversificar os tipos de histórias. Mas sempre, ele quis preservar e valorizar o Quadrinho para transmitir às crianças as histórias da Bíblia e os valores cristãos.

Publicada em formato de revista seis vezes ao ano, é hoje uma das mais antigas revistas de quadrinhos de língua francesa.

Desejando sempre despertar o interesse do público jovem pelo tema cristão, sua editora-chefe Myriam Callec-Loubayère se esforça para variar o conteúdo, propor novos tipos de desenhos e dar a cada história objetivos adequados: fazer pensar, fazer rir , ensinar, divertir ... Dentro de um mesmo número, o gibi permite essa diversidade de uma página para a outra. E é essa diversidade dentro da unidade que tem garantido que esta revista mantenha o seu interesse.

Em parceria com Tournesol e eXcaléo, oferecemos aqui uma edição completa do Tournesol para download.

Pascal Portoukalian

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.