Pela primeira vez, um dalit é nomeado cardeal na Índia

Bishop-Anthony-Poola-1.jpg

“De uma maneira particular, acho que talvez esta seja uma situação em que o Papa espera que eu resolva os problemas dos marginalizados e talvez também dos dalits. »

Em cerimônia na Basílica de São Pedro, em Roma, o Papa Francisco criará no sábado 20 novos cardeais de todos os continentes. Entre eles, o arcebispo Anthony Poola, de Hyderabad, na Índia, será o primeiro bispo nomeado dalit na história.

Falando durante uma entrevista no Notícias do Vaticano, aquele que recebe esta nomeação como uma "graça de Deus" diz que quer "ajudar o maior número possível de crianças pobres" e resolver "os problemas dos marginalizados e talvez também dos dalits".

Dom Anthony Poola vê nesta nomeação a “mão estendida” do Papa “para a periferia, o mais pobre dos pobres”.

“De uma forma particular, acho que esta é talvez uma situação em que o Papa espera que eu resolva os problemas dos marginalizados e talvez também dos dalits. »

Porque se o sistema de castas for oficialmente abolido na Índia, o futuro cardeal acredita que “na realidade no terreno, existem algumas diferenças”.

Quando criança, ele foi apoiado na busca de seus estudos por missionários. Hoje, ele diz que sua “intenção era ajudar o maior número possível de crianças pobres”.

Às 16h de sábado, o bispo Anthony Poola será nomeado cardeal ao lado de outros 19.

MC

Imagem: TV LiturgiaCC 3.0

Artigos recentes >

Conflito no leste da RDC: apelo de emergência face a uma “catástrofe humanitária”

ícone de relógio cinza contornado

Notícias recentes >