Ameaçadas por sequestrador, duas meninas se refugiam em uma igreja e são salvas

“Por favor, me ajude, não é meu pai. »

Na Flórida, em junho passado, duas meninas com menos de 12 anos saíram de um restaurante quando um homem começou a segui-las e se ofereceu para levá-las para casa. As meninas então pulam em suas bicicletas e decidem ir para um lugar onde estariam seguras, a igreja.

O homem continua a persegui-los e até atinge um deles várias vezes na cabeça.

Ao mesmo tempo, um cristão está na praça da igreja e vê essas duas crianças acompanhadas por um homem. Ela imediatamente percebe que algo está errado. Então uma das duas garotas chega até ela e diz: "por favor me ajude, ele não é meu pai".

O cristão então conversa com o homem, que afirma ser novo na vizinhança.

“Ele estava meio que falando em cima dela, bem atrás dela, colocando o braço em volta do pescoço dela e sussurrando algo em seu ouvido. Ele disse: 'Acabamos de nos mudar para cá, só queremos ver como podemos ajudá-lo a fazer o que faz. Pus uma conversa com ele. Eu disse: 'Oh, isso é bom, de onde você é? Ele disse, 'Oh, eu não tenho certeza.' »

A mulher continuou sua conversa com o agressor, na hora de pedir socorro. A polícia finalmente chegou e encontrou o agressor não muito longe da igreja. As duas meninas estão sãs e salvas e encontraram suas famílias. O agressor foi preso.

O escritório de xerife do condado elogiou a ação deste cristão.

“Os membros desta igreja realmente se esforçaram para proteger as crianças que não eram suas. Eles viram que algo estava errado e salvaram aquelas crianças. »

"Não quero nenhum reconhecimento por isso", disse o cristão. “Eu não quero ser um herói. Acabei de fazer o que espero que alguém faça pelos meus próprios filhos. »

MC

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.